O Ministério do Planejamento começa fazer a partir de abril a revisão das aposentadorias por invalidez de servidores públicos federais. Essa revisão começará pelo Ministério da Educação e será feita com base em um módulo que será criado dentro do Sistema Integrado de Administração de Recursos Humanos (Siape).

O secretário de Recursos Humanos do Ministério do Planejamento, Duvanie Paiva Ferreira, informou hoje (17) que essa revisão vai atingir os casos em que há possibilidade de o servidor voltar ao trabalho.

“Os critérios serão, por exemplo, se o servidor que se aposentou por invalidez e a causa foi uma doença incurável ou uma doença terminal, esses casos estarão eliminados [da revisão]”, explicou.

Ele informou que em 2008 foram concedidas 1.043 aposentadorias por invalidez e em 1997 foram 3.127 concessões.

Com base nesse módulo, o governo também pretende fazer um acompanhamento da saúde dos servidores. O secretário disse acreditar que com essa ferramenta será possível fazer uma melhor gestão nos ambientes de trabalho do servidor .
 

Agência Brasil

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mais de 5.100 pessoas vão ter que devolver dinheiro do Bolsa Família

Segundo o Ministério da Cidadania, 5.100 pessoas que receberam indevidamente recursos do Bolsa Família vão ter que devolver o dinheiro aos cofres públicos. A expectativa da pasta, responsável pelo programa…