A Paraíba o tempo todo  |

Lula viaja ao Rio Grande do Sul e Defesa mobiliza 626 militares na região

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai ao Rio Grande do Sul nesta quinta-feira (02) para dar apoio ao governo local no enfrentamento às consequências das fortes chuvas que castigam o estado. Até a noite de ontem, quarta (01/05), cerca de 4.500 pessoas estavam desabrigadas ou desalojadas; 21 estavam desaparecidas e 10 morreram. O Governo do Estado decretou estado de emergência devido às fortes chuvas.

Lula deve se encontrar com o governador Eduardo Leite (PSDB) e visitar áreas atingidas na região de Santa Maria. Os ministros Renan Filho (Transportes), Waldez Goes (Desenvolvimento Regional) e Paulo Pimenta (Secretaria de Comunicação) acompanham o presidente. Lula falou ao telefone com Eduardo Leite à noite e assegurou que não faltarão esforços e recursos do Governo Federal. As Forças Armadas convocaram 626 militares da Marinha, Exército e Aeronáutica para atuar na região no socorro às populações.

A Defesa Civil Nacional e técnicos do serviço e meteorologia trabalham com as previsões do clima nos próximos dias e procuram antecipar ações. Uma equipe do Grupo de Apoio a Desastres (Gade) foi mobilizada para atuar nos locais mais atingidos. No município de Santa Maria, a 290 quilômetros de Porto Alegre, a Força Aérea Brasileira (FAB), por meio da coordenação do Comando de Operações Aeroespaciais, atua desde a noite da terça-feira (30/04), no resgate dos atingidos pelas enchentes.

Conforme a Defesa Civil, 104 municípios foram afetados, 1.431 pessoas estão desalojadas e 1.145 foram levadas para abrigos. A prioridade é o resgate de famílias ilhadas. Na conversa com Eduardo Leite, Lula disse que oito helicópteros das Forças Armadas estão prontos para apoiar ações de resgate, porém não conseguem decolar em razão do tempo no estado.

Redação

    VEJA TAMBÉM
    Veja Mais

    Opinião: Aqui todos sofrem!

    Dias duros e difíceis são os vividos nessas três últimas semanas no estado do Rio Grande do Sul,…

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe