A Paraíba o tempo todo  |

Jorge e Mateus batem o recorde do ano e doam cachê em Barretos

Na última quinta-feira (23), foram vendidos os últimos convites para a apresentação de ontem. Após uma primeira semana preocupante no que diz respeito a presença de público, surgiu um ar de certa tranquilidade ao ver que o show de Jorge e Mateus iria garantir, por mais um ano, a tradição de se esgotar os ingressos no Barretão.
 
 

O show foi o normal de estrada, já com várias músicas do novo CD, “A hora é agora”, como “Enquanto houver razões”, “Flor” e “O que é que tem”, além da música que dá nome ao disco. O mais diferente da apresentação foi Mateus relembrar “Use Somebody”, do Kings of Leon, que ele cantou durante muito tempo nos shows, e uma versão de “Robocop Gay”, curta, após alguns arrochas. O público ainda cantou parabéns ao aniversariante Jorge, que completa 30 anos amanhã (27). O show teve uma pequena participação do Guilherme, da dupla Guilherme e Santiago.
 

Não foi divulgado o número oficial ainda, mas as conversas diziam algo em torno de 80 mil pessoas (55 mil da arena + 25 de Parque). Durante a apresentação, ainda havia ingressos apenas para entrar no Parque, sem direito ao show. O valor já chegava a R$80.
 

A noite não era em prol do Hospital de Câncer de Barretos, mas a dupla doou integralmente o cachê: R$375mil.
 

Foi o terceiro ano seguido da dupla no segundo sábado da Festa, dia mais nobre, o que gerou alguns comentários e reclamações pelos corredores, já que isso teoricamente facilitaria o sucesso do show.
 
 

A verdade é que com essa sequência de apresentações bem sucedidas, Jorge e Mateus vão se equiparando a outras duplas gigantes da história de Barretos, como Bruno e Marrone e Rionegro e Solimões, que passaram alguns anos quebrando recordes de público. E detalhe que não houve outro artista no palco principal.
 

A noite ainda teve Milionário e José Rico no Palco Esplanada e Maria Cecília e Rodolfo no trio elétrico. Como Milionário e José Rico fazem uma apresentação especial hoje na final do rodeio, amanhã eu falo especificamente sobre eles.
 

 

 

UOL

    VEJA TAMBÉM
    Veja Mais

    Bolsonarismo e religião

    O evento desse domingo demonstrou que o bolsonarismo continua a ser um fenômeno político expressivo e com grande…

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe