A Paraíba o tempo todo  |

Joaquim Barbosa alega suspeição em julgar recurso de Jackson Lago

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O ministro Joaquim Barbosa, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), declarou há pouco suspeição para julgar o recurso em que se pede a cassação do governador do Maranhão, Jackson Lago, e de seu vice Luiz Carlos Porto. O presidente do TSE, ministro Carlos Ayres Britto, solicitou à mesa do Tribunal a imediata convocação do ministro Ricardo Lewandowski para substituir o ministro Joaquim Barbosa no plenário, para que o julgamento do recurso possa ser reiniciado.

Joaquim Barbosa se declarou suspeito no caso “por fatos supervenientes à primeira assentada em que esse processo foi trazido a julgamento”.

O julgamento será retomado ainda hoje com o voto-vista a ser apresentado pelo ministro Felix Fischer. O pedido de vista suspendeu o julgamento em 19 dezembro de 2008 após o voto do ministro relator, Eros Grau, que votou pela cassação de Jackson Lago e de seu vice, e pela posse da segunda colocada nas eleições de 2006, Roseana Sarney (PMDB).
 

 

Fonte: TSE

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe