Por pbagora.com.br

 O homem que morreu em um acidente de helicóptero que aconteceu na manhã desta terça-feira, no mar da Praia do Perigoso, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, é ex-jogador de futebol do Macaé. Serginho, como era conhecido Sérgio Mauro, de 24 anos, foi revelado pelo clube alvianil e ficou por lá até o início de 2012. Porém, decidiu abandonar o futebol para seguir a carreira do pai, que é piloto de helicóptero.

O momento mais marcante de Serginho pelo Macaé foi no jogo de ida das quartas de final da Série C do Campeonato Brasileiro de 2010, contra o Criciúma. A equipe estava perdendo por 2 a 0, mas virou para 3 a 2 no segundo tempo. O terceiro gol foi marcado por Serginho. Na partida de volta, em Santa Catarina, foi o Criciúma quem acabou conquistando o acesso à Série B.

Serginho foi retirado do mar pelo Corpo de Bombeiros e levado ao Hospital Miguel Couto, na Gávea, mas morreu na unidade. Até às 12h, não havia informações sobre outras vítimas. Segundo o 4º Destacamento de Barra de Guaratiba, 25 bombeiros estão empenhados no resgate. Os militares não souberam informar se havia mais alguém na aeronave.

 

O Macaé já informou que vai divulgar, em breve, uma nota de pesar e que vai decretar luto de três dias no clube. Na partida contra o Fluminense, nesta próxima quarta-feira, pela nona rodada do Carioca, será respeitado um minuto de silêncio.

Globo Esporte

Notícias relacionadas

Pesquisa mostra taxa maior de infecção de animais pela covid-19

Pesquisadores do Laboratório de Biologia Molecular do Instituto de Pesquisas Biomédicas do Hospital Naval Marcílio Dias, do Laboratório de Imunofarmacologia da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e médicos veterinários da Clínica…

CPI da covid-19 quer ouvir Queiroga, Guedes e ex-ministros

O ministro da Economia, Paulo Guedes, deve ser chamado à CPI da Covid para explicar os gastos do governo com o auxílio emergencial e o seu impacto sobre a população mais vulnerável durante a pandemia.…