Ativistas da organização não governamental Greenpeace penduraram nesta sexta-feira, 6, uma faixa vertical de 40 metros no Elevador Lacerda, em Salvador, alertando para os efeitos do aquecimento global. A faixa, estendida por quatro escaladores, mostra uma régua gigante e adverte para um dos mais temidos efeitos do aquecimento global: a elevação do nível do mar. Com a frase “É agora ou agora”, a organização faz referência, segundo sua assessoria, à urgência na realização de ações que evitem o aumento da temperatura média do planeta. O banner é o mesmo que foi utilizado há dois anos em uma manifestação semelhante no Rio. À época, porém, o texto dizia “Ainda há tempo”.

A colocação da faixa é uma das iniciativas dos ativistas durante a permanência do navio Arctic Sunrise, um dos três do Greenpeace, no porto de Salvador. A embarcação integra missão chamada “Salvar o Planeta: é Agora ou Agora”, programada para durar três meses no País. A campanha já foi levada a quatro capitais do Norte e Nordeste (Manaus, Belém, Fortaleza e Recife) desde o início do ano. Da capital baiana, o barco segue na próxima quinta-feira para o Rio, indo em seguida para Santos (SP). Amanhã e domingo o navio estará aberto à visitação pública.
 

 

Estadão

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Reforma tributária aumenta confiança do setor produtivo e pode aumentar contratações, diz Efraim Filho

O deputado federal Efraim Filho (DEM-PB) espera que a comissão mista que discutirá a reforma tributária no Congresso Nacional elabore uma proposta “favorável” à retomada do desenvolvimento econômico. A previsão…

Senadores e deputados reagem à ofensa de Bolsonaro a repórter

As ofensas proferidas nesta terça-feira (18) pelo presidente Jair Bolsonaro contra a repórter Patrícia Campos Mello, do jornal “Folha de S. Paulo”, provocaram reações de deputados e senadores. Pela manhã,…