De olho na reforma da Previdência, o governo deve conversar com os dois pré-candidatos que lideram as pesquisas para as eleições que acontecem no ano que vem. De acordo com o jornal O Globo, a presidência pretende se reunir com Lula e Bolsonaro com o objetivo de defender a necessidade a aprovação, independente do partido. A ideia, sugerida pelo ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, deve ser colocada em prática pelo ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, que tem boa relação com Bolsonaro. Ainda não se sabe se ele seria o escolhido para uma conversa com Lula.

O objetivo do governo é evitar desgastes em ambas as conversas, principalmente com o ex-presidente, já que, caso não seja aprovada neste governo, a reforma da Previdência se tornará um desafio para a próxima gestão. Convencer os pré-candidatos, no entanto, pode não ser uma tarefa muito fácil. Em entrevistas recentes, Lula fez duras críticas ao projeto de reforma, classificando-o como “um crime contra o povo mais pobre do país”.

Questão delicada

Ainda que o governo estime que 5 partidos se posicionem a favor das mudanças propostas atualmente, aliados classificam a questão como “delicada” e ainda sem resposta concreta. O deputado Beto Mansur, vice-líder do governo na Câmara, teria dito, em um jantar na última semana, que os votos estão “muito escondidos”, pedindo que a negociação seja mais incisiva. O secretário da Previdência, Marcelo Caetano, teria chamado a reforma de “pró-pobre”.

 

Yahoo Finanças

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Sheherazade brinca com ‘punição’ do SBT: “Sextou mais cedo pra mim”

A paraibana Raquel Sheherazade, apresentadora do ‘SBT Brasil’ se pronunciou nas redes sociais a respeito do afastamento das edições de sexta -feira do jornalístico. A jornalista disse que se surpreendeu…

Efraim Filho participa da festa do Peão de Barretos e assume Frente Nacional da Vaquejada

O deputado federal Efraim Filho (DEM) visitou ontem, sábado (17), a festa do Peão de Barretos, no interior de São Paulo. Ao lado do presidente Jair Bolsonaro e de outras…