A entrevista cncedida pelo arcebispo emérito da Paraíba, Dom José Maria Pires, defendendo o uso de preservativos, já ganhou repercussão nacional. O blog de Josias de Sousa, da Folha Online, postou comentário sobre as declarações de dom José. .

Eis a nota de Josias de Souza, publicada às 19h20 deste domingo:

Arcebispo emérito da PB defende o uso da camisinha

José Maria Pires é arcebispo emérito da Paraíba. Comandou a Arquidiocese do Estado por arrastadas três décadas. Hoje, aposentado, Dom José Maria faz aniversário de 90 anos. O tempo temperou-lhe a alma.

O raciocínio do velho arcebispo já se autoconcede a prática do vôo livre fora dos limites estritos da doutrina da Igreja.

Ouvido pela repórter Alexsandra Tavares, Dom José Maria referiu-se à camisinha como um mal menor diante da gravidez irresponsável:

“O uso do preservativo é algo que merece reflexão. O sexo existe e deve ser usado de acordo com sua finalidade, de aproximar as pessoas, sem destruição da vida…”

“…Na doutrina bíblica a vida tem de ser preservada sempre. Mas se você vai fazer algo errado, que pelo menos proteja a outra pessoa para se evitar um mal maior”.

As palavras iluminadas de Dom José Maria chegam no vácuo de uma polêmica.

Envolve o deputado federal e padre Luiz Couto (PT-PB) e o atual Arcebispo da Paraíba, Dom Aldo di Cillo Pagotto.

Em entrevista, o deputado-padre bulira em temas caros à Igreja. “Defendo o uso da camisinha como uma questão de saúde pública”, dissera, por exemplo, Luiz Couto.

Dom Aldo di Cillo cassou-lhe, em 25 de fevereiro, as ordens sacerdotais, privando-o de celebrar missas, batizados, casamentos ou qualquer outra atividade própria de um padre.

O mandachuva da Arquidiocese da Paraíba exigiu de Luiz Couto uma “retratação explícita”. Algo que restituísse as “orientações doutrinais, éticas e morais” da Igreja.

Cabe a pergunta: a mão de ferro de Dom Aldo di Cillo pesará também sobre a cabeça do arcebispo emérito José Maria Pires?”.

*Escrito por Josias de Souza às 19h28

 

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Navio fantasma pode ter causado manchas de óleo que contaminaram praias do Nordeste

Desde o fim de agosto e início de setembro, diversas manchas de óleo têm aparecido em praias do Nordeste, inclusive nas praias da Paraíba. Após 42 dias, a área atingida…