A Paraíba o tempo todo  |
PUBLICIDADE

Em péssima fase, Mano Menezes tenta agradar a torcida

Rebatizada de “Superclássico das Américas”, a antiga Copa Roca ficou esquecida por mais de 40 anos, mas, nesta quarta-feira (28), em Belém, definirá novamente um campeão. A torcida que for ao Mangueirão acompanhar o jogo, que começa às 21h50 (de Brasília), espera que a taça fique para a seleção brasileira, que terá uma chance de ouro de acabar com a má fase diante da principal rival, a Argentina.

Dono de um aproveitamento pífio em jogos contra os principais adversários desde que Mano assumiu o comando, e ocupando a modesta sétima posição no ranking da Fifa – a pior da história – o time brasileiro será formado mais uma vez por atletas “caseiros”, mas terá algumas novidades em relação ao que empatou sem gols no primeiro duelo, em Rosário.

Uma delas é Borges. O artilheiro do Campeonato Brasileiro foi chamado por Mano para usar seu entrosamento com Neymar como arma para superar a limitada defesa dos hermanos, formada por Desábato e pelo ex-corintiano Sebá Domínguez – e não parece incomodado com a concorrência.

– Sei que o Fred é um grande jogador e foi convocado várias vezes, mas estou à disposição para ajudar de qualquer forma. Cabe ao Mano definir o que será melhor para o time.

Outra novidade estará no meio-campo. Comandante do “trem-bala da Colina”, apelido dado ao Vasco, líder do Campeonato Brasileiro, Diego Souza chegou a Belém com status de craque da seleção, e quer corresponder em campo a confiança da torcida e do técnico Mano Menezes.

– A expectativa é jogar bem e ter uma sequência no grupo, mas o momento é de todos os jogadores que estão aqui, e não apenas meu.

Diego Souza deixará a rivalidade em segundo plano e atuará lado a lado com Ronaldinho Gaúcho, craque flamenguista. O camisa 10 rubro-negro é um dos mais experientes do grupo, mas também vê no desafio contra a Argentina a chance de voltar a ser feliz.

– Espero corresponder nesse momento e poder dar uma grande alegria ao povo brasileiro.

Apesar de não ter vencido nenhum adversário tradicional desde que sentou-se no banco de reservas em substituição a Dunga – perdeu para Alemanha, França e Argentina, além de empatar com a Holanda – Mano Menezes terá um importante aliado nesta noite: o estádio Mangueirão.

Nas três vezes em que atuou no palco desta quarta, a seleção não foi derrotada e não levou gols. Em 1990, sob o comando de Falcão, empatou por 0 a 0 com o Chile. Sete anos mais tarde, com Zagallo como técnico, o time brasileiro bateu Marrocos por 2 a 0, e em 2005, na última vez em que atuou no estádio, o time de Parreira venceu a Venezuela por 3 a 0.

Na Argentina, a ordem é comemorar o reforço de jogadores que atuam no Brasil e não estiveram na lista para o primeiro duelo.

A principal novidade na partida desta quarta-feira será a presença do meia Montillo, do Cruzeiro, mas o técnico Alejandro Sabella também terá à disposição Guiñazu e Bolatti, do Internacional.

O desfalque da equipe será D’Alessandro, também do Colorado gaúcho. O jogador não se recuperou de lesão e teve que ser cortado do tradicional duelo.

FICHA TÉCNICA
BRASIL x ARGENTINA

Local: estádio Olímpico do Pará (Mangueirão), em Belém (PA)
Data: 27 de setembro de 2011, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Jorge Larrionda (Uruguai)
Assistentes: Pablo Fandiño e Mauricio Espinosa (ambos do Uruguai)

BRASIL: Jefferson; Danilo, Dedé, Rever e Kléber; Casemiro, Ralf e Diego Souza; Neymar, Borges e Ronaldinho
Técnico: Mano Menezes

ARGENTINA: Orión; Cellay, Desábato, Sebá Dominguez e Pillud; Fernández, Canteros, Papa e Montillo; Mouche e Viatri
Técnico: Alejandro Sabella

 

R7

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe