A Paraíba o tempo todo  |
PUBLICIDADE

Eliana chora ao lembrar preconceito que sofreu na infância

Eliana foi a convidada do “Conexão Repórter”, que foi ao ar no SBT na madrugada sexta-feira (23), um dia após a cantora e apresentadora completar 39 anos. Eliana falou sobre os bastidores de sua vida privada, incluindo traumas, preconceitos de infância e os orgulhos de sua trajetória.

 

“Cada vez que as pessoas abriam a porta e falavam ‘a filha do zelador veio brincar com o meu filho’ eu aproveitava.”, falou Eliana a Roberto Cabrini com relação à sua infância humilde, antes de lembrar momentos de preconceito que sofreu.

 

“Um dia eu ouvi um pai dizendo numa discussão com a mãe de um amiguinho ‘eu não quero essa filha do zelador aqui’”, contou. “Eu nunca esqueci disso. Eu não guardo mágoa dessa pessoa, porque foi algo que mostrou o quão pequena ela é. E é uma pessoa que eu encontro hoje. Ela não sabe que eu ouvi isso na ocasião.”

 

Eliana disse que a maternidade a deixou muito mais feliz com o próprio corpo. “Aos 20 e poucos anos eu fiz uma lipoaspiração. Pra quê? Era linda”. Ela também contou que negou cinco propostas para posar nua, algumas quando ainda trabalhava com o público infantil. “Eu acho um absurdo. Qualquer coisa que você faça com criança, você tem que deixar distante a sensualidade e a sexualidade”.

 

O “Conexão Repórter” relembrou a trajetória da apresentadora, passando por programas como “Banana Split”, “Festolândia”, “Sessão Desenho”, “Bom Dia & Cia” e “Eliana & Cia”, assim como o nascimento do hit “Dança dos Dedinhos”. “Eu não tinha cenário e só podia dançar com as mãos”, contou, sobre como o baixo orçamento de seus primeiros programas estimulou a criatividade.

 

Outro tema tratado foi a rivalidade com Xuxa e Angélica. “A rivalidade profissional é fundamental para quem trabalha com televisão”, contou Eliana. “Observei muito e até hoje observo os meus concorrentes”.
 

 

UOL

    VEJA TAMBÉM
    Veja Mais

    A universidade e o cristão

    O pastor André Valadão gerou uma grande polêmica ao sugerir que: 1) universidade é lugar que pode tornar…

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe