Após registrar em dezembro o menor nível desde 2002, a taxa de desemprego no país registrou forte alta em janeiro, para 8,2%, a maior desde abril do ano passado, refletindo a piora na situação econômica mundial. Em dezembro, a taxa havia ficado em 6,8%, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A taxa de janeiro é similar à do mesmo mês do ano passado, quando ficou em 8,0%. A população desocupada cresceu 20,6% em frente a dezembro, para 1,9 milhão de pessoas.

Em janeiro, a população ocupada nas seis regiões pesquisadas reduziu-se em 1,6% em relação ao mês anterior, para 21,2 milhões de pessoas. Frente a janeiro de 2007, no entanto, a população ocupada representa uma alta de 1,9%, ou cerca de 385 mil postos de trabalho.

O número de empregados com carteira assinada no setor privado ficou menor no mês – 1,3% na comparação com dezembro, para 44,9% da população ativa. O desemprego também atingiu os empregados sem carteira assinada: na passagem de dezembro para janeiro, esse contingente teve uma queda de 4,5%.

 

G1

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Noiva de Gabriel Diniz diz que joias do cantor foram roubadas

Em um desabado publicado no YouTube, Karoline Calheiros, noiva de Gabriel Diniz, respondeu perguntas relacionadas ao cantor, morto após um acidente de helicóptero em maio. Uma das revelações que mais chamou…

Com apoio de paraibanos, Câmara aprova PL que regulamenta vaquejada

O Plenário da Câmara dos Deputados concluiu nesta terça-feira (20) a votação do projeto de lei que regulamenta as práticas da vaquejada, do rodeio e do laço no Brasil (PL 8240/17).…