A Paraíba o tempo todo  |

Crianças abandonadas no lixo em SP

Duas crianças foram abandonadas em meio a entulhos e lixo na região central de São Paulo na noite de domingo (28). A mais nova, uma menina de 2 meses, estava dentro de uma sacola fechada, deixada no chão. Os pais são moradores de rua.

 

As crianças foram encontradas com o catador de papelão Diego Novaes da Silva, de 19 anos. Ele estava com o menino de 1 ano e 3 meses sentado em um muro, e contou que ficou com ele a pedido do pai do menino. De acordo com o catador, ele não sabia que a menina estava dentro da sacola. “Eu vi um negócio mexendo dentro da bolsa, na hora que eu abri tinha outra criança dentro”, contou.

A Guarda Civil Metropolitana chegou ao local alertada por uma testemunha. Dentro da sacola, a menina estava enrolada em um cobertor.

 Pouco depois da chegada da guarda, o pai das crianças apareceu no local. Ele e o catador de papelão foram levados para a delegacia, onde prestaram depoimento e foram liberados. Na semana passada, o pai já havia sido advertido pela falta de cuidado com os filhos. A mãe, de 17 anos, não foi encontrada.

De acordo com os guardas que encontraram as crianças, elas tinham sinais de maus-tratos. A menor chorava muito, com fome. “A criança iria falecer e o lixeiro iria recolher. Foi sorte a gente ter chegado, a gente conseguiu salvar essas crianças”, disse o guarda Eduardo Cardoso.

As duas crianças foram examinadas em um hospital e depois ficaram sob os cuidados do Conselho Tutelar.

G1

 

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe