Por pbagora.com.br

Há cerca de três anos o Ambulatório dos Transtornos de Impulso do Hospital das Clínicas (HC) de São Paulo oferece tratamento a indivíduos dependentes de internet. Apesar da escassez de informações sobre o problema, o perfil das pessoas que buscam auxílio no local está surpreendendo pesquisadores e revelando um padrão diferente do esperado para este tipo de transtorno.

Um recente levantamento da empresa Ibope Nielsen Online apontou que o Brasil segue como líder mundial no tempo de navegação dos usuários. Para o coordenador do setor de Dependência em Internet do HC, o psicólogo Cristiano Nabuco de Abreu, o recorde é preocupante. Segundo ele, lan-houses e programas de inclusão social estão criando uma situação diferente no País. “O espectro de influência da internet no Brasil está crescendo. Não sabemos o impacto social disso no futuro”, explica.

A faixa etária dos viciados em internet é muito ampla. O psicólogo relatou casos de pessoas com mais de 70 e menos de 10 anos que buscam auxílio no hospital. Ele disse que os mais velhos tendem a gastar muito tempo em redes sociais e comunicadores instantâneos, enquanto os mais jovens ficam dependentes de jogos. Ele ainda afirmou que é crescente o número de casos entre pessoas das classes C e D. “Existem lan-houses que cobram dois reais por até seis horas de conexão. Muitos estão descobrindo a internet agora.”

Abreu também explicou que o tempo de navegação não é um fator determinante para diagnosticar a dependência. Segundo ele, os casos mais graves se caracterizam por uma “progressiva troca da vivência real pela virtual”. O psicólogo, que classificou alguns dos pedidos de ajuda como “chocantes”, contou o caso de um adolescente que ficou quase dois anos sem sair de casa e só foi levado ao ambulatório após a mãe prometer a compra de um novo teclado.

Um dos objetivos do programa de tratamento do Ambulatório de Transtornos de Impulsos é promover a tomada de consciência do dependente. A ideia é devolver aos pacientes a perspectiva do controle e da auto-regulação no uso da rede.

A experiência, que começou em 2006 com um grupo de adultos, está com inscrições abertas para a segunda turma de adolescentes. No site do programa é possível realizar um teste para verificar se você é um usuário abusivo de internet.

globo.com

Notícias relacionadas

Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em junho

Trabalhadores informais nascidos em junho começam a receber hoje (18) a nova rodada do auxílio emergencial. O benefício terá parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família. O…