Por pbagora.com.br

O presidente Jair Bolsonaro tornou sem efeito a nomeação de Alexandre Ramagem Rodrigues para o cargo de diretor-geral da Polícia Federal. O ato foi publicado em edição extra do DOU (Diário Oficial da União) desta 4ª feira

A revogação acontece logo após o ministro do STF, Alexandre de Moraes suspender a nomeação do delegado para o cargo de diretor-geral da Polícia Federal (PF).

A escolha do nome para a função havia sido oficializada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na terça-feira (28), no Diário Oficial da União (DOU), e foi alvo de críticas.

Ramagem é tido como homem de confiança dos filhos do presidente, por isso sua indicação para o cargo é vista como uma tentativa de intervenção do clã Bolsonaro nas investigações da PF.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Eleitor poderá justificar ausência na votação pelo celular

As lojas de aplicativo de celular (app) colocam à disposição nesta quarta-feira (30) uma nova versão do e-Título com mais funcionalidades. O recurso eletrônico possibilitará a justificativa de ausência nas votações…