Com a aproximação dos festejos juninos, aumenta a preocupação com relação aos casos de queimaduras. O Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, registrou, no ano passado, mais 1.200 casos envolvendo queimaduras, com destaque para fogos de artifício.

De acordo com o setor de estatística, em 2018, foram registradas 1.260 vítimas de queimaduras. Em comparação ao ano de 2017, houve um aumento, já que foram registrados 1.131 casos no ano anterior.  Um dado preocupante foi com relação aos fogos de artifício que, se confrontado com o mesmo período, teve um aumento, com 19 vítimas em 2017 e 67 em 2018. Já nestes quatro primeiros meses de 2019, foram 402 casos de queimaduras.

Ainda segundo o setor de estatística em 2018, seguindo a tendência dos outros anos, a grande maioria das vítimas é formada por adultos (771) e crianças (321), a soma dessas faixas etárias corresponde a mais de 50% dos atendimentos de queimaduras.

Os principais motivos em 2018 por queimaduras foram: líquidos em alta temperatura (706), seguido por contato com objeto em alta temperatura (189) e fogo (88). Os demais foram por queimadura em geral (171), fogos de artificio (67), produto químico (27), insolação (6) e eletricidade (6).

No quadrimestre de 2019, os principais motivos foram por líquidos em alta temperatura (265), contato com objeto em alta temperatura (55), fogo (32), queimadura em geral (oito), produto químico (seis), insolação (três), fogos de artifício (três), caravela (dois) e eletricidade (um).

Campanha – Hospital de Trauma de Campina Grande, em ação conjunta com o Hospital de Trauma de João Pessoa, lançou, na última terça-feira (28), a campanha para prevenir queimaduras nas festas juninas. O lançamento foi realizado no Colégio Rosa Mística, no bairro do Quarenta, em Campina Grande. Na oportunidade, aconteceu uma palestra com a cirurgiã plástica Isis Lacerda e a apresentação da peça “Marquinhas de Dodói”, do grupo de Fantoche do Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena.

PB Agora

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mais dois casos de Malária são registrados na Paraíba; já são 16 este ano

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou nesta sexta-feira (16) dois novos casos de malária. A informação foi divulgada pelo Hospital Universitário Lauro Wanderley (HU), em João Pessoa. De…