O deputado federal Efraim Filho, do DEM, ratificou, na tarde desta quarta-feira (15), sua torcida pela permanência do ministro Mandetta à frente do Ministério da Saúde, mesmo em meio às especulações de que uma demissão do correligionário do cargo já estaria em fase de conclusão por parte do presidente Bolsonaro.

Para o parlamentar, caso seja concretizada a saída, ela será uma decisão lamentada por todos os brasileiros, já que o ministro ganhou a confiança e o respeito da família brasileira, com orientações técnica, baseadas na ciência, para evitar que a curva de contágio aumentasse no país.

“A gente torce pela permanência do ministro. Seria uma notícia boa para o governo e melhor ainda para o Brasil. Ele tem conquistado a confiança e o respeito da família brasileira, suas orientações técnicas baseadas na ciência, e o que se pode dizer desse momento especifico agora, eu falei com Mandetta, é que ele está focado no trabalho. Então o que menos interessa a ele agora é o Diário Oficial. Cada minuto conta, cada minuto é dedicado ao Ministério da Saúde e ao Brasil. Se Bolsonaro tiver a decisão de mudar a sua equipe, isso é uma tarefa que cabe a ele como chefe do Poder Executivo, mas seguramente será uma decisão muito lamentada pelos brasileiros, especialmente àqueles que durante essa semana conseguiu fazer com que o Brasil desse um exemplo ao mundo com a redução da curva de contágio, pouco vista em países da mesma envergadura”, ressaltou.

De acordo com a mídia nacional, a equipe de Mandetta estaria aguardando uma demissão via redes sociais e já estaria preparada para deixar o ministério nas próximas horas. Enquanto isso, o presidente Bolsonaro procura um substituto a altura para o posto.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Quase 150 mil pessoas já foram curadas da covid-19 no Brasil

No domingo (24), o Brasil alcançou o número de 149.911 pessoas curadas do novo coronavírus. Isso significa que 41,3% das pessoas que foram infectadas pelo vírus conseguiram se recuperar. Em um…

Acidentes com motos lideram entradas no Trauma de CG durante o final de semana

O Hospital Estadual de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, em Campina Grande, atendeu 295 usuários durante o fim de semana (23 e 24.05). O balanço tem como base…