Por pbagora.com.br

 Reconhecido como ‘Hospital Amigo da Criança’ e com um banco de leite
atuante, a Maternidade Dr. Peregrino Filho, de Patos, renovou seu
compromisso em trabalhar com excelência a questão da amamentação ao
capacitar 395 profissionais de seu quadro funcional.

 

O treinamento ‘Promoção e Manejo Clínico em Aleitamento Materno’ foi realizado com a
presença maciça da equipe da maternidade, na última sexta-feira (23) e no
sábado (24), no ginásio de esportes da Faculdades Integradas de Patos
(FIP). A capacitação foi coordenada pelo Núcleo de Estágio, Capacitação e
Eventos (Nece) da unidade, com apoio da equipe do Banco de Leite Drª Vilani
Kehrle, que funciona num anexo da maternidade.

 

O conteúdo programático foi o mesmo para os dois dias do treinamento, com
mudanças apenas de profissionais que apresentaram os temas, cujo foco foi a
importância nutricional do leite materno, problemas na mama, sobre bebês
que recusam o peito, como retirar o leite materno, entre outros temas
correlatos.

 

“Estamos muito felizes com a participação de todos e pela
receptividade que mostra o grau de comprometimento da equipe com a melhoria
de nossa prestação de serviços”, avaliou a Coordenadora do Nece, Jussineide
Brito de Oliveira, comemorando a arrecadação de quase 400 potes de vidro
com tampa de plástico que serão doados ao banco de leite da maternidade.

 

O pote era a inscrição para participar da capacitação. Segundo Jussineide os
certificados começarão a ser entregues a partir da próxima semana.

 

Depois da composição da mesa, a primeira palestra foi sobre ‘Aleitamento
materno: composição nutricional do leite humano’, feita pela nutricionista,
Silvânia Rodrigues de Oliveira. Ela discorreu sobre o mesmo tema, nos dois
dias do evento.

 

O Dr. Paulo Sergio Franca de Athayde, diretor da maternidade, participou do treinamento na sexta-feira, e falou sobre os
temas ‘Como o leite do peito vai para o bebê: Amamentação, sobrevivência
infantil e qualidade de vida’, ‘Como promover a amamentação durante a
gravidez e após o nascimento do bebê’, ‘Problemas precoces e tardios nas
mamas’ e ‘Ductos lactíferos bloqueados’. No sábado, o Dr. Josias Alvares da
Nóbrega Neto, abordou os mesmos temas.

 

‘Como iniciar a amamentação’ e ‘Bebês que exigem cuidados especiais’ foram
temas abordados pela Dra. Salete Maria Andrade Dantas, na sexta-feira,
pelo e o Dr. Umberto M. Lima Júnior, no sábado. Ambos são pediatras da
maternidade. A Enfermeira, Maria Irla Vanessa Bitú, abordou os temas: ‘Como
promover a amamentação durante a gravidez e após o nascimento do bebê’,
‘Como avaliar uma mamada’ e ‘Bebês que “recusam” o peito. A Bioquímica,
Faldrécya Queiroz Borges, participou dos dois dias de treinamento com uma
abordagem sobre ‘Baixa produção de leite’ e ‘Como retirar o leite materno e
alimentar o bebê’. As psicólogas, Wolffraniad Pinheiro Dias de Sá, da FIP e
Tuanny Dantas de Sá, da maternidade, falaram sobre o tema ‘ Como oferecer
apoio permanente as nutrizes’, na sexta e no sábado, respectivamente. A
Assistente Social, Jorlanea Pereira Alves, encerrou os dois dias da
capacitação com a abordagem dos temas ‘Como Tornar a sua comunidade Amiga
da Criança’ e ‘Como Tornar o seu Hospital Amigo da Criança’.

 

 

A Maternidade de Patos é administrada, desde junho do ano passado, pelo
Instituto Gerir, uma Organização Social contratada pelo Governo do Estado,
que também responde pela gestão do Hospital de Taperoá. O gerente regional
da 6ª Região de Saúde, José Leudo Farias, também prestigiou o evento.



Ascom

Notícias relacionadas

Com chegada de novas doses, João Pessoa retomará vacinação neste sábado

Com a chegada de pelo menos 110.250 novas doses de vacinas contra a Covid-19 à Paraíba no final da manhã desta sexta-feira (16), e o início da distribuição aos 223…

Wilson acompanha ministro da Saúde e reivindica Hospital do Câncer no Sertão

O deputado estadual Wilson Filho participou na tarde desta sexta-feira (16), em João Pessoa, da visita oficial do ministro da Saúde, o paraibano Marcelo Queiroga. Ao lado do governador da…