Por pbagora.com.br

O Samu/192 (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) da Prefeitura de Campina Grande registrou, de janeiro a outubro deste ano, 1.700 atendimentos a vítimas de acidentes envolvendo motos, uma média de 5,6 por dia e praticamente um a cada quatro horas. Os dados, de acordo com a coordenadora do serviço, a médica Tatiana Medeiros, são alarmantes e caso essa média permaneça, o ano de 2010 deve superar os 2 mil acidentes, um aumento de aproximadamente 60% em quatro anos.

Os acidentes de motos, alerta Tatiana Medeiros, têm se tornado um problema de saúde pública. As vítimas são pessoas jovens, economicamente ativas e os acidentes, na sua maioria graves, geram altos custos hospitalares e previdenciários, sem falar nos problemas sociais e familiares causados por uma invalidez permanente, por exemplo.

Outra preocupação da coordenadora do Samu diz respeito às motos de baixas cilindradas, que estão sendo conduzidas por jovens inexperientes que sequer usam os EPIs (Equipamentos de Proteção Individual), apesar de estarem sujeitos aos mesmos riscos de um acidente de trânsito.

Dos 1.700 acidentes de motos deste ano, 218 foram em outubro, o maior número desde 2006. Em janeiro, foram 149; 136 em fevereiro; 161 em março; 159 em abril; 144 em maio; 182 em junho; 159 em julho; 195 em agosto e 197 em setembro.

Ainda em outubro, o Samu realizou um total de 1.523 atendimentos, incluindo casos clínicos, obstétricos, psiquiátricos, pediátricos e resultantes de traumas, nos quais estão incluídos os acidentes de trânsito.

Da Ascom da Prefeitura de CG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Notícias relacionadas

Vacina de Oxford começa a ser aplicada nesta segunda em várias cidades da PB

Após iniciar a campanha de vacinação contra a Covid-19 pela Coronavac, Campina Grande, João Pessoa e várias cidades paraibanas devem intensificar a imunização com as primeiras doses da vacinas de…

Paraíba registra 1.134 novos casos de Covid-19 nesse sábado

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou, neste sábado (23), 1.134 casos da Covid- 19. Entre os confirmados hoje, 62 (5,5%) são casos de pacientes hospitalizados e 1.072 (94,5%)…