Por pbagora.com.br

O secretário da Saúde do Rio Grande do Sul, Osmar Terra, confirmou, no domingo (26), mais cinco mortes em decorrência da nova gripe. Com isso, subiu para 16 o total de óbitos no estado.

 

Em entrevista coletiva, Terra disse que o estado vive uma “epidemia aberta” da doença. “Estamos estimando hoje, no Rio Grande do Sul, em torno de dez mil casos que já tiveram ou estão tendo a gripe.”

 

Para a secretaria, o estado é vulnerável porque tem o clima frio e faz fronteira com países que registraram muitas contaminações. “A epidemia está vindo da fronteira em direção ao litoral, atingindo também o norte do estado. Atualmente, 392 pacientes estão internados em hospitais sendo que, destes, 101 estão em UTIs”, afirmou o secretário. Apesar do alto número, Terra acredita que 99% dos casos não necessitam de internação.
 

Estratégias

Para enfrentar a epidemia da gripe A(H1N1), o governo gaúcho alugou cem respiradores e está comprando outros 50. Terra determinou a suspensão temporária de cirurgias eletivas, para liberar leitos para as vítimas da doença.

 

Os hospitais foram autorizados a aumentar o número de leitor oferecidos e vão receber recursos extras, para atender pacientes com a nova gripe e outras viroses que costumam aparecer nesta época do ano.

 

A operação contra a doença conta com apoio do Comando Militar do Sul, da Aeronáutica e da Brigada Militar.

 

A Secretaria da Saúde informa que, na terça-feira (28), técnicos da Fiocruz devem visitar o Laboratório do Estado, o Lacen, para verificar a possibilidade dessa unidade realizar exames que podem confirmar a contaminação pelo vírus A(H1N1). A expectativa é de redução do prazo para realização desses testes.

 

No país

O Ministério da Saúde ainda não confirmou as novas mortes anunciadas por Terra. Oficialmente, até agora, são 29 óbitos no país; os dados foram divulgados na manhã de sexta-feira (24).

Na sexta à tarde, o estado de São Paulo informou mais quatro casos, e o número passou para 33.

 

Se forem confirmados os casos do Rio Grande do Sul informados no domingo, pode passar para 38 o total de mortos pela nova gripe.

G1

 

 

Notícias relacionadas

Vacinas chegam à PB no fim da tarde de hoje e são distribuídas nesta sexta

Chegam à Paraíba, no fim da tarde desta quinta-feira (22) 59.300 doses de vacinas contra covid-19. São 11.800 para aplicação da segunda dose da Butantan e 47.500 para ampliação de…

Beltrammi tranquiliza população sobre atraso na 2ª dose da vacina: “Não perde o efeito”

O secretário executivo de Gestão da Rede de Unidades de Saúde da Paraíba, Daniel Beltrammi, esclareceu a população sobre os eventuais prejuízos de não se tomar a 2ª dose da…