A Secretaria Municipal de Saúde de Campina Grande teve mais um projeto premiado na Mostra Paraíba Aqui tem SUS. O “Saúde se faz com vigilância” foi premiado em dois seguimentos do evento. O projeto busca combater a incidência do mosquito Aedes aegypti na cidade, já que o mosquito é transmissor de doenças como dengue, zika e chikungunya.

O projeto foi o único premiado no segmento dos trabalhos com arboviroses e também foi contemplado no eixo da vigilância em saúde. Participaram do evento 45 projetos de 70 municípios da região. O objetivo do encontro é divulgar as experiências exitosas na área da saúde nas cidades para todo o estado.

O “Saúde se faz com vigilância” é um trabalho intensivo que vem sendo realizado em Campina Grande. A Coordenação de Vigilância Ambiental realiza um trabalho contínuo de combate ao mosquito e também executa mutirões em diversos bairros com ações que buscam eliminar os focos do Aedes e diminuir os dados negativos em cada localidade.

Os mutirões consistem na limpeza de terrenos baldios, recolhimento de pneus, visita dos Agentes de Combate de Endemias às residências do bairro, campanha educativa nas escolas e creches da comunidade e orientações de prevenção nas ruas. Também são distribuídos elementos como hipoclorito de sódio para reservatórios e piabas para cisternas. Já foram realizados 54 mutirões e mais de 2 toneladas de pneus, que poderiam servir de abrigo para os focos do mosquito, foram coletadas.

“Estamos extremamente felizes com esse resultado porque sabemos do nosso esforço diário para combater o Aedes aegypti que tem causado tantos problemas de saúde a toda a sociedade. Isso nos dá mais ânimo para continuarmos travando essa luta em prol da saúde coletiva”, disse a Coordenadora Municipal de Vigilância Ambiental, Rossandra Oliveira.

Novas ações – Para dar continuidade ao trabalho na tentativa de diminuir o índice de infestação no município, o projeto segue a partir da próxima sexta-feira, 19, no bairro da Liberdade, das 8h às 12h. Um cronograma de mutirões será executado todas as sextas-feiras durante os próximos três meses, atendendo aos bairros Malvinas, Pedregal, Nova Brasília, Jeremias, Jardim Paulistano, Itararé e Bairro Universitário.

Segunda vez – Na I Mostra Paraíba Aqui tem SUS a cidade de Campina Grande também foi premiada com o projeto realizado pela Coordenação Municipal de Saúde da Mulher em parceria com a Unifacisa em que foi desenvolvida uma cartilha em braile com informações sobre o câncer de mama para mulheres cegas. Também foram criadas próteses para as mulheres com a deficiência identificarem com mais facilidade os problemas ligados à doença por meio do tato.

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário