Por pbagora.com.br

  Aconteceu desde as primeiras horas desta quinta-feira (22), na Empresa
Paraibana de Abastecimento e Serviços Agrícolas (Empasa), da cidade de
Patos-PB, mais uma ação do projeto Interação e Saúde, desenvolvido pelo
Programa Mesa Brasil do SESC em parceria com a Secretaria Municipal de
Saúde, através das equipes da UBS Walter Ayres, UBS Matadouro, NASF I e
coordenações dos programas de saúde.

A ação foi voltada para os doadores do Programa Mesa Brasil, feirantes que
diariamente frequentam o local para abastecer seus comércios de frutas,
verduras e outros alimentos. Os alimentos doados são recolhidos pelo
programa e doados às instituições e associações de bairros que possuem
cadastro de famílias em vulnerabilidade social.

Além de um café da manhã oferecido aos trabalhadores, em sua maioria
homens, a Secretaria Municipal de Saúde disponibilizou diversos serviços e
atendimentos de saúde, além de corte de cabelo gratuito.

O médico José Afonso Gayoso e a médica Joelkis Felipe Ortega, realizaram
consultas em clínica geral. Aferição de pressão arterial, avaliação
nutricional, tipagem sanguínea e teste de glicemia, também foram ofertados.
CEREST, CTA/SAE (DTS AIDS) e os programas Saúde Mental, Saúde do Idoso,
Saúde do Homem e Saúde Bucal deram reforço aos serviços de saúde.

A coordenadora do Programa Mesa Brasil em Patos, Gilmara Gioconda,
ressaltou que os serviços de saúde foram direcionados principalmente para o
público masculino, pois esse demora mais a procurar os serviços básicos nas
unidades de saúde da família.

Segundo a coordenadora da Atenção Básica em Patos, Sandra de Lurdes, a
parceria com o SESC já vem desde o ano passado, sempre buscando levar mais
saúde aos locais onde as pessoas trabalham, facilitando assim o acesso ao
maior número de usuários. Ela ainda alertou para a importância de quem
ainda não dispõe do cartão SUS, que procure a Secretaria Municipal de Saúde
para requerer, pois o cartão tem sido exigido para que o usuário tenha
acesso aos serviços básicos de saúde.

O senhor Leudo Martins, que trabalha como motorista na Empasa, disse que
ações desse tipo são muito válidas principalmente para os trabalhadores,
pois facilita o acesso aos mais diversos serviços.

 

Ascom

Notícias relacionadas

IFPB e UFU estão desenvolvendo biossensores eletroquímicos para o diagnóstico rápido de covid

Os professores do IFPB Cleumar da Silva Moreira e Pedro Victor Eugênio de Souza estão participando de uma pesquisa da Universidade Federal de Uberlândia-UFU, que está desenvolvendo biossensores eletroquímicos para…

Vacinação contra a Covid-19 em João Pessoa segue nesta terça-feira em 14 locais

A vacinação contra a Covid-19 em João Pessoa segue nesta terça-feira (20) em 14 locais. em mais dez ginásios da cidade e mais quatro pontos do modelo drive thru. As…