A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) realiza, neste sábado (15), o dia D da primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo. Nessa ocasião serão vacinadas crianças e jovens entre cinco e 19 anos que não tenham recebido nenhuma dose da vacina ou estejam com o esquema vacinal incompleto.

O dia D acontecerá das 8h às 12h em mais de 100 salas de vacina espalhadas pelos serviços da rede municipal de saúde, como Unidades de Saúde da Família (USF), Policlínicas Municipais e Centro Municipal de Imunização. Ao todo, mais de 700 profissionais estarão atuando na campanha.

Para ser imunizado, o usuário deve levar o cartão de vacina, uma vez que as vacinas serão dispensadas de acordo com a avaliação do cartão vacinal. “É importante lembrar que a campanha é seletiva e só será imunizado quem não tiver comprovação do esquema vacinal ou quem está com o esquema incompleto, por isso é tão importante apresentar o cartão de vacina”, lembra o chefe da Seção de Imunização da SMS, Fernando Virgolino.

Seguindo a orientação do Ministério da Saúde, a Campanha acontecerá em duas etapas, para imunizar dois públicos diferentes. A primeira etapa teve inicio no dia 10 de fevereiro e segue até o dia 13 de março, imunizando pessoas com idade entre cinco e 19 anos. Na segunda etapa, deverão receber a vacina adultos de 30 a 59 anos, entre os dias 3 e 31 de agosto.

No dia D, aproveitando o público-alvo, a SMS estará atualizando a caderneta de vacinação dos adolescentes que estão na faixa etária de indicação para vacinas contra HPV e meningocócica tipo C. Devem ser vacinados meninas de nove a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos.

“O vírus do sarampo voltou a circular no País no último ano e é com a vacina que garantimos a devida proteção da população, além de possibilitar a interrupção da circulação do vírus. Também temos uma baixa procura para imunização contra HPV. Então, estaremos ofertando as vacinas contra HPV e meningocócica tipo C, por isso é tão importante que pais e responsáveis respondam ao nosso chamamento e levem seus filhos para serem vacinados”, reforça Fernando Virgolino.

Esquema Vacinal Sarampo – Crianças de seis meses a 11 meses devem tomar a chamada ‘dose zero’. Com 12 meses a criança irá tomar a tríplice viral e com 15 meses, a tetra viral.

Menores de 30 anos devem comprovar duas doses da vacina com componente do sarampo e, na faixa etária de 30 a 59 anos, é necessária a comprovação de uma dose. Se o usuário for profissional de saúde, independente da idade, deve ter duas doses da vacina”, ressaltou Fernando Virgolino.

Dados – Em João Pessoa, houve casos de sarampo nos anos de 2010, 2013 e 2019. Em 2010, foram 50 casos confirmados e em 2013, seis casos da doença. Já em 2019, foram notificados 97 casos suspeitos, com 18 confirmados, 55 descartados com amostras positivas no Laboratório Central de Saúde Pública da Paraíba e Laboratório de referência nacional – Fiocruz.

 

Assessoria

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Três primeiros pacientes com Covid-19 em Campina estão curados

Dentre tantas más notícias nessa época de pandemia do coronavírus, uma boa! Os primeiros três casos confirmados de Covid-19 registrados em Campina Grande apresentaram diagnóstico de cura da doença. Uma…

Número de mortos no Brasil por novo coronavírus passa dos 660

As secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até as 6h40 desta quarta-feira (8), 14.072 casos confirmados do novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil, com 691 mortes pela Covid-19. No fim da noite…