Por pbagora.com.br
 
 

Em tempos de combate ao Covid-19, que já matou centenas de pessoas, a Paraíba registrou oito mortes confirmadas por dengue, zika e chikungunya em 2020. O Aedes aegypti continua fazendo vítimas no estado, mesmo tendo havido redução das mortes causadas pela doença transmitida pelo mosquito.
É o que aponta os dados são do Boletim Epidemiológico das Arboviroses, divulgado nesta sexta-feira (9) pela Secretaria Estadual de Saúde (SES).

O documento aponta que a dengue lidera os registros de infecção das doenças, com 5.906 casos prováveis; seguido pela chikungunya, com 1.580 notificações; e zika, com 300.

De acordo com o boletim, as regiões de saúde com maior incidência de arboviroses são a 13ª, 4ª e 15ª, localizadas no Sertão, Borborema e Agreste, respectivamente.

O boletim também aponta uma redução dos casos prováveis de dengue, quando comparados ao mesmo período do ano de 2019, que passaram de 17.200 para 5.906.

PB Agora

 
 
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Brasil registra 195 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas

O consórcio de veículos de imprensa divulgou novo levantamento da situação da pandemia de coronavírus no Brasil a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde, consolidados às 20h deste…

Paraíba segue na faixa vermelha com índice de 27% de mortes causadas pela Covid-19

Enquanto o Brasil completa uma semana em tendência de queda de óbitos por Covid; com média móvel é de 483 mortos por dia, a ParaÍba segue em alta. Pelo quinto…