A Paraíba já tem 13 casos notificados por suspeita de coronavírus, e sete seguem sob investigação, segundo a Secretaria de Saúde do Estado (SES). Dois novos casos foram notificados pela SES na noite desta terça-feira (10).

Os dois casos são de uma mulher de 72 anos e de um homem de 65 anos com histórico de viagem para os Estados Unidos.
Na tarde de segunda-feira (9), a Secretaria de Estado da Saúde (SES) da Paraíba assinou uma nota técnica conjunta com o Ministério Público da Paraíba reforçando a obrigatoriedade da notificação imediata dos casos suspeitos do Covid-19 por parte dos hospitais públicos e particulares.

O objetivo é acelerar ainda mais o processo de investigação dos casos suspeitos, que requer coleta do material biológico do paciente e isolamento até resultado do exame.
A Paraíba possui um plano estadual para notificação e assistência para o novo Covid-19, elaborado desde o fim de Janeiro e amplamente divulgado entre profissionais de saúde da Rede Pública e Privada de todo o estado.

O Centro Operacional de Emergências em Saúde Pública (COE Estadual) realiza avaliação das ações executadas e desencadeia encaminhamentos para o fortalecimento da identificação dos casos, de acordo com definição.

No mundo – Depois da epidemia centralizada na China, o novo coronavírus (Sars-CoV-2) conseguiu ultrapassar fronteiras e nesta terça-feira (10) já havia chegado a 109 países. Metade deles apresentou o registro do primeiro caso apenas neste mês de março. O vírus surgiu em dezembro de 2019, com primeiro relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS) em 21 de janeiro.

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Médica de CG sugere que favoráveis a abertura do Comércio abdiquem de respiradores

Ao opinar sobre a possibilidade de reabertura do comércio em Campina Grande e outras cidades, medida essa defendida por alguns empresários, a médica campinense Adriana Melo, que é especialista em…

Justiça suspende campanha do governo contra isolamento social

A Justiça Federal do Rio de Janeiro determinou, em caráter liminar, que o governo federal não veicule em meios de comunicação a campanha publicitária “O Brasil não pode parar”, que…