A Paraíba já registrou mais de 8 mil casos de pneumonia neste ano, segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde. A doença, considerada grave, afeta os pulmões e pode levar à morte, principalmente idosos. No Estado, o problema foi responsável por mais de 12 mil óbitos na última década. Destes, 93% de pessoas com idade a partir de 60 anos. Só em 2019, a doença fez 1,3 mil vítimas fatais, o que representa uma média de quatro mortes por dia, segundo dados do Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM), da SES.

Segundo a Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT), a pneumonia é uma infecção nos pulmões provocada por bactérias, vírus ou fungos, e em 60% dos casos, o agente causador é o Streptococcus pneumoniae. Nos pacientes infectados, as principais manifestações clínicas são tosse com produção de expectoração, dor torácica que piora com os movimentos respiratórios, mal estar geral e febre.

“Devemos ficar atentos para os sinais e sintomas e procurar auxílio médico precocemente, principalmente no caso de pacientes que apresentam maior risco de complicações e de morte, como crianças e idosos, além de portadores de outras doenças crônicas ou situações em que ocorre deficiência do sistema imunológico”, alertou a pneumologista Rosemeire Maurici da Silva, membro da Comissão Científica de Infecções Respiratórias da SBPT.

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Familiares de paciente com suspeita de Coronavírus estão em quarentena, na PB

Três pessoas integrantes da família do homem de 59 anos que está sendo investigado como o primeiro caso suspeito de coronavírus diagnosticados na Paraíba,  estão em quarentena por 14 dias. De…

Saúde descarta suspeita de coronavírus em italiano socorrido em JP

No início da tarde desta sexta-feira (28), logo após o socorro de um italiano com sintomas semelhantes ao coronavírus em uma pousada no bairro de Manaíra, a Secretaria de Saúde…