Vencer a doença com bom humor e um sorriso no rosto. Esta é a receita aplicada pelos médicos mais divertidos que já se viu por aí. São os doutores palhaços voluntários, que visitaram pacientes de todas as idades do Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, nessa quinta-feira (30). Eles levaram nas maletas o remédio especial que é aplicado aos pacientes e acompanhantes, com bons resultados.

Os Doutores Palhaços, da instituição SóRiso Paraíba, entraram nas enfermarias levando muito humor. Visitaram os leitos, conversaram com pacientes, acompanhantes e funcionários, proporcionando alegria e descontração a todos. Alguns modificaram as fisionomias tristes para rostos que esbanjavam largos sorrisos. “Eu estava desanimado com tudo que aconteceu comigo e hoje, pela primeira vez, voltei a sorrir, entendendo que a vida é leve e tem que continuar”, agradeceu um dos pacientes internados na enfermaria masculina, Rhuan Félix.

A terapia tem objetivo de estimular a capacidade de interação dos doutores palhaços com o paciente e, principalmente, diminuir a tensão do ambiente hospitalar. A novidade é que o SóRiso Paraíba ficará fixo todos os sábados realizando visitas nas enfermarias do Hospital de Trauma, levando descontração e muita alegria.

Os doutores palhaços, chamados de besteirologistas, não fazem simples visitas, mas intervenções, segundo o doutor Pirulito, nome utilizado pelo voluntário Samuel Elias de Souza. Eles entram no quarto hospitalar, encenam, cantam e interagem com os pacientes. A ideia, segundo ele, é não falar da doença e sim levar momentos bons para os internados. “Quando o paciente sorri, nós podemos ir embora”, comentou.

Para a coordenadora da Pediatria, Carmelita Frade, grupos como este fazem a diferença no ambiente hospitalar, principalmente em crianças. “É muito gratificante ter esses grupos trazendo alegria para criançada. Elas entram aqui por conta de um trauma, ficam tristes e retraídas. É impressionante como mudam com essas visitas, elas adoram. Com abertura da brinquedoteca deixaram de ver o hospital como um ambiente hostil e sim divertido”, salientou.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Pai e filho ficam feridos a tiros em feira livre de João Pessoa

Disparos de arma de fogo registrados na manhã deste sábado (22), próximo ao Mercado Central, em João Pessoa, deixaram pai e filho feridos. Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de…

Neurocirurgião alerta sobre risco de nova “brincadeira desafio do casaco”

Depois do “desafio da rasteira”,  também chamado de “quebra crânio” que causou traumatismo craniano em uma criança de 11 anos em uma cidade do Estado de São Paulo, e uma…