A Paraíba o tempo todo  |

Médicos e demais profissioanis do HU da UFPB realizam ato de protesto com paralisação

Médicos e demais servidores federais realizam ato de protesto no Busto de Tamandaré e paralisam atividade contra MP 568.

Em protesto a vários artigos da Medida Provisória 568, baixada pelo Governo Federal, recentemente, que reduz salários dos médicos pela metade e congela o adicional de insalubridade e periculosidade, estes profissionais, em especial os vinculados ao Hospital Universitário Lauro Wanderley, e outras categorias que se sentiram prejudicadas vão às ruas mostrar para a sociedade o seu descontentamento.

O pontapé inicial está previsto para esta terça-feira, a partir das seis horas da manhã, no Busto de Tamandaré, quando estará sendo realizado um ato público com café da manhã.

No dia seguinte, próxima quarta-feira, às 08 horas da manhã, os médicos estarão paralisando suas atividades para realizar um abraço simbólico ao HULW.
A programação que faz parte do calendário de mobilização elaborado de forma conjunta com as entidades representativas do segmento a exemplo do SINTESPB-Sindicato dos Trabalhadores em ensino superior da Paraíba, Sindicato dos Médicos da Paraíba e Conselho Regional de Medicina.

A Medida Provisória será votada no Congresso Nacional nos próximos 120 dias, tendo sido apresentado pelas entidades sindicais, Emenda Supressiva, retirando do texto desta MP, os artigos que reduzem salário e congelam a insalubridade.

Ascom

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe