A Paraíba o tempo todo  |

Médica natural de Sousa comemora vacinação nos EUA: “Sinto-me abençoada”

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Assim como o tradutor Francisco Henrique Queiroga Gadelha, outra pessoa natural do município de Sousa, Sertão paraibano, recebeu a vacina contra a Covid-19 nos Estados Unidos. É o caso da médica Amanda Dantas Ferreira Fernandes, de 31 anos de idade. Confira o vídeo no final desta reportagem!

Na última terça-feira (15), a profissional da área de saúde foi contemplada com a primeira dose da vacina da Pfizer no hospital em que trabalha. Segundo ela, a segunda dose será aplicada no prazo de 21 dias.

“Sentindo-me abençoada por ter a oportunidade de estar na linha de frente para receber a vacina COVID-19 e ser saudável para proteger meus pacientes, minha família e minha comunidade”, disse Amanda em sua rede social.

Durante entrevista nesta segunda-feira (21) ao programa Cidade Notícia, da Rádio Líder FM, Amanda Dantas disse que as vacinas estudadas até o momento comprovam eficácia de funcionamento.

A médica também explicou qual tipo de procedimento deve ser tomado pelo paciente durante o intervalo entre a primeira e a segunda dose. Amanda aproveitou para esclarecer que a imunidade só ocorre duas semanas após a segunda dose da vacina.

“Logo após tomar a vacina nós ficamos em um período de observação de cerca de 15 a 20 minutos pra se certificar que nenhuma reação adversa fosse ocorrer, mas depois disso é vida normal. Praticamente no outro dia retomamos as nossas atividades normais, nosso trabalho. A única recomendação é que nós temos que comparecer pra segunda dose. Então é isso que as pessoas têm que entender: o fato de tomar a primeira dose não garante a imunidade, a imunidade, pelos estudos, só vai ser conferida após duas semanas da segunda dose”, concluiu.

Assista ao vídeo:

Desde 2015, a sousense reside na cidade de Miami, na Flórida, onde está em treinamento médico. A profissional da medicina é graduada pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), residente de Clínica Médica da Universidade de Miami/Jackson Memorial Hospital nos EUA e aprovada na residência de Cardiologia da Universidade de Boston, também nos Estados Unidos.

Amanda é filha do professor do IFPB/Sousa, Júlio César e da senhora Maria Dantas, residentes na cidade de Sousa.

 

Fonte: Diário do Sertão

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      8
      Compartilhe