A Paraíba o tempo todo  |

Maranhão III corta recursos do Hospital de Aguiar

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O Hospital Distrital Francisco Bento Cabral, do município de Aguiar, está passando por grandes dificuldades desde o mês de fevereiro, quando José Maranhão ao assumir o governo do Estado cortou o repasse da verba no valor de R$ 10 mil, alegando dificuldades financeiras.

Segundo a diretora geral do hospital, Geralda Maria Justino, a prefeitura municipal é quem está financiando os medicamentos, mas falta alimentação para os pacientes internados. Em relação ao atendimento médico, a diretora informou que está normal, mas não sabe até quando.

Geralda Maria acrescentou que Maranhão está ciente de toda a situação e inclusive há um mês o prefeito da cidade, Manuel Batista (PP), esteve em audiência com o governador para buscar soluções.

Até o momento nada foi feito. O maior questionamento é que ao assumir o governo, José Maranhão ressaltava constantemente que a sua prioridade seria a saúde. No entanto, ele cortou o repasse de apenas R$ 10 mil para o hospital de Aguiar.

O hospital de Aguiar atende em média cerca de 70 pessoas por dia tanto da cidade como dos municípios circunvizinhos.
 

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe