Por pbagora.com.br

Em tempos de pandemia do novo coronavírus, a corrida pela vacina contra a gripe, tem sido intensa na Paraíba. Mesmo a vacina não sendo para imunizar a pessoa do Covid 19, centenas de paraibanos já se vacinaram em apenas dois dias de campanha. Somente em João Pessoa, mais de 30 mil idosos foram vacinados contra a gripe.
De acordo com a Prefeitura da capital, a cidade tem mais de 73 mil idosos. A vacinação deste grupo acontece junto com a dos servidores da saúde até o dia 3 de abril.

Somente nesta terça-feira (24), quando foi instalado o sistema de “drive thru”, foram vacinadas 15.449 pessoas, sendo 11.878 nos 68 pontos instalados em ginásios de esportes de escolas da cidade e 3.569 nos três pontos de “drive thru”, ou seja, vacinação dentro de carros para facilitar o atendimento sem risco de aglomeração. Outras 130 foram vacinados em casa, pelo serviço de atendimento domiciliar de pessoas acamadas ou com impossibilidade de deslocamento. Nos números desta terça-feira não está contabilizada a vacinação feita na rede hospitalar.

Em Campina Grande centenas de idosos também se vacinaram os postos disponibilizados pela Secretaria de Saúde. Um esquema especial para vacinar os idosos na campanha de imunização contra a influenza (H1N1) foi montado em Campina Grande e começou a funcionar nesta terça-feira (24). De acordo com a Secretaria de Saúde, foram montados locais com sistema “drive-thru” e as medidas são para evitar aglomerações nos postos de saúde da cidade, diminuindo o risco de transmissão do coronavírus.
No primeiro dia da campanha, muitos idosos foram vacinados dentro dos veículos para evitar filas e aumentar o risco de infecção do Covid 19. Dois pontos de vacinação estão funcionando nos parques da Criança e da Liberdade exclusivamente para vacinar idosos dentro dos carros, medidas de proteção adotadas por eles estarem nos grupos de risco para a Covid-19. Os pontos de “drive-trhu” para vacina vão funcionar de domingo a domingo, das 8 às 18h.

Como em todo o país, as Prefeituras paraibanas aplicam a campanha de vacinação contra a gripe influenza. A vacina não combate o coronavírus, mas, segundo especialistas, vai ajudar na proteção imunológica de vários grupos sociais e facilitar no diagnóstico do coronavírus, uma vez que haverá redução da gripe influenza, que tem praticamente os mesmos sintomas.

SL
PB Agora

Deixe seu Comentário