Por pbagora.com.br

O Laboratório de Saúde Pública da Paraíba (Lacen-PB) ampliou o parque tecnológico e com a nova metodologia consegue diagnosticar os vírus respiratórios que estão circulando no estado. Agora, além de realizar as análises, a unidade dará suporte para a Organização Mundial de Saúde (OMS) na composição de vacinas contra a Influenza.

De acordo com o diretor geral do Lacen-PB, Bergson Vasconcelos, é rotina da Vigilância procurar saber as cepas de vírus que circulam em uma determinada população e, a partir daí, é decidido o melhor processo de imunização. Ele pontua que com a nova metodologia adotada pelo laboratório, vai ser possível identificar os vírus que causam doenças respiratórias e os que estão mais ativos na Paraíba. Essas informações são encaminhadas para a OMS, dando suporte na composição de vacinas para Influenza que são feitas anualmente.

“Isso representa um avanço na medicina laboratorial do estado, igualando o laboratório aos grandes centros de diagnóstico de alta complexidade. Além do Sars CoV2, conseguimos identificar outros vírus respiratórios diminuímos o prazo de resposta, ampliando o diagnóstico pela biologia molecular”, destaca.

O diretor reforça que a renovação do parque tecnológico foi realizada inteiramente pelo Governo do Estado da Paraíba que trabalhou na reforma do prédio do Lacen-PB, adquiriu equipamentos novos e kits de extração para análise das amostras.  “Antes, o Lacen encaminhava as amostras para o Centro Nacional de Referência, o Instituto Evandro Chagas, no Pará, e os exames eram realizados de acordo com a demanda do próprio Instituto, por isso havia demora no prazo de resposta. Agora, conseguimos dar essa resposta em até 48h”, completa.

A testagem para diagnóstico da Covid-19 e de outros vírus respiratórios é uma demanda que obedece os critérios de Vigilância Epidemiológica e suas equipes é que dão o norte para o Lacen-PB. Ate o momento, o Lacen já realizou 29.507 exames para o diagnóstico da Covid-19. Desses, 11.164 tiveram o resultado detectável e 18.343 foram descartados. Estão em análise 475 amostras.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Nova variação do coronavírus pode ter elevado número de casos na Europa

Cientistas afirmam ter identificado nova variante do coronavírus na Europa Pesquisa, que ainda não foi publicada em revista científica, aponta que a mutação do Sars-CoV-2 surgiu no início do verão…

Brasil chega a 159 mil mortos por Covid; média móvel de óbitos volta a subir

O consórcio de veículos de imprensa divulgou novo levantamento da situação da pandemia de coronavírus no Brasil a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde, consolidados às 20h desta…