O governador João Azevêdo comemorou, nesta segunda-feira (23), a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio de Melo, que acatou um pedido de liminar ingressado pelo Governo da Paraíba e mais seis Estados do Nordeste, e determinou a suspensão de cortes nos benefícios do programa Bolsa Família.

De acordo com o gestor, a decisão que também foi assinada por ele “representa mais uma conquista para aqueles que mais precisam, principalmente, em um momento que o Brasil enfrenta a epidemia do coronavírus”, pontuou.

Em videoconferência realizada nesta segunda-feira (23) com os governadores do Nordeste, o governo federal afirmou que desbloqueou os benefícios e liberou os pedidos que estavam retidos no Ministério da Cidadania, conforme despacho do ministro.

A suspensão dos cortes do Bolsa Família também foi um dos assuntos tratados na última reunião, por vídeo, entre os governadores do Nordeste na última sexta-feira (20).

O pedido formulado pelo Governo da Paraíba e outros Estados da Região alegou que a diminuição dos recursos para o Nordeste retira a efetividade do programa e aumenta a desigualdade. Segundo os dados apresentados, a Região recebeu, entre maio e dezembro de 2019, 3% das concessões dos novos benefícios. Já os estados do Sul e do Sudeste concentraram 75% dos novos recebedores. Para o ministro Marco Aurélio, “não se pode conceber tratamento discriminatório da União em virtude do local onde residem os brasileiros”. Ele ainda determinou que a liberação de recursos para novas bolsas deve ser “uniforme” considerados os estados da federação.

“O STF também ordenou que o governo federal libere os recursos para novas inscrições de maneira uniforme, de acordo com os estados da federação, enquanto durar o estado de calamidade pública, em ação movida por nós, governadores da região”, completou.

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Coronavírus: Sobe para 136 o número de mortes no País; mais 352 casos são confirmados

O Ministério da Saúde divulgou neste domingo (29) o mais recente balanço dos casos da Covid-19, doença causada pelo coronavírus Sars-Cov-2. Os principais números são: 136 mortes 4.256 casos confirmados…

Novo boletim: SES descarta mais duas mortes por suspeita de coronavírus, na PB

Mais duas mortes que tinham sido classificadas por suspeita de coronavírus foram descartadas pela Secretaria de Estado da Saúde (SES). Os resultados foram obtidos no sábado (28), mas divulgados neste…