Desde ontem (20), começou o inverno no Brasil, bem como na Paraíba e em tempos de pandemia do novo coronavírus, está época do ano merece atenção redobradas, pois é quando ocorrem os picos de diversos problemas respiratórios, entre os quais rinite alérgica, sinusite, bronquite, asma, gripe e resfriado.

No caso das duas últimas, que são transmissíveis, a forma de disseminação é a mesma: a inalação de perdigotos, que são as gotículas com vírus e bactérias que ficam nas salivas e contagiam por meio da aspiração e do contato com a pele e mucosas.

Com a pandemia do coronavírus ainda em alta, que segue a mesma forma de contágio das doenças respiratórias sazonais mais comuns, os cuidados precisam ser redobrados. A médica otorrinolaringologista Maura Neves explica por que é importante reforçar os cuidados com a chegada do frio. Roupas de inverno, cobertores e mantas que ficam guardados o ano inteiro no armário tendem a acumular poeira e ácaros, o que pode causar alergias, como a rinite alérgica, que acomete entre 25 e 30% da população adulta. Some-se a isso o fato de que 80% dos que têm asma também sofrerem de rinite.

“O clima fica mais seco no inverno, o que faz com que a poluição aumente e, consequentemente, temos uma diminuição drástica na qualidade do ar. Por isso, é importante manter a circulação do ar e os ambientes secos, já que lugares úmidos possibilitam o surgimento de ácaros e bolor. Para evitar crises alérgicas, o ideal é sempre lavar tudo antes de usar”, disse a otorrinolaringologista.

Inverno da PB – O inverno na Paraíba vai do dia 20.06 e se estenderá até o dia 22 de setembro. Embora seja considerada uma das estações mais frias do ano, a chegada do inverno não deve interferir tanto nas condições climáticas da região Nordeste, como explica Marle Bandeira, meteorologista da Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa). “A previsão para as temperaturas durante o inverno é que devem permanecer dentro da média. No entanto variam de acordo com cada região. No Litoral, as temperaturas podem oscilar entre 28º de máxima e a mínima de 22º”.

O Brejo paraibano pode registrar temperaturas entre 16 e 24 graus. No Agreste do Estado as temperaturas devem oscilar entre 16 e 25 graus. Para o Cariri, é esperada uma variação entre 15 e 29 graus. As temperaturas mais elevadas devem ser registradas no Sertão e Alto Sertão, variando entre 21 e 30 graus.

Cuidados

Para evitar as doenças e os problemas respiratórios, os cuidados precisam ser redobrados. O uso diário de soluções salinas para a limpeza e hidratação nasal, no mínimo duas vezes ao dia, é uma forma de ajudar na precaução. “A limpeza nasal remove as impurezas inaladas e diversos agentes agressores, como vírus e bactérias, além de auxiliar na diluição e remoção das secreções. Já a hidratação nasal cria uma barreira mecânica de gel que impede a desidratação do muco, promovendo um controle para o nariz por um longo período”,  disse Maura Neves.

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Anunciada a construção do Hospital da Mulher de JP com emenda de Wilson Filho

Promessa de campanha de diversos candidatos a prefeito de João Pessoa., o Hospital da Mulher de João Pessoa irá sair finalmente do papel. Orçado em R$ 65 milhões, dos quais…

Saiba como fazer o teste diagnóstico de covid-19 pelo plano de saúde

O exame laboratorial para detecção do novo coronavírus foi incluído pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) no rol de procedimentos obrigatórios de cobertura pelos planos de saúde em março,…