A Paraíba o tempo todo  |

Inquérito sorológico aponta mais de 400 mil infectados pela covid-19 na Paraíba

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Nesta quarta-feira (13), o secretário executivo da Saúde da Paraíba, Daniel Beltrammi apresentou oficialmente os dados do primeiro inquérito sorológico da covid-19 na Paraíba e apontou que em 2020, mais de 400 mil pessoas foram infectadas pela doença no estado, o que corresponde a 10% da população paraibana.

O inquérito foi realizado entre os dias 2 de novembro a 23 de dezembro, em todo o Estado.

“Foi o primeiro inquérito sorológico realizado em um estado brasileiro. Paraíba segue na vanguarda e vai deixar um legado muito importante para o combate ao novo coronavírus no Brasil. Essa pesquisa traz informações, como por exemplo a prevalência populacional, que significa quantas pessoas foram alcançadas pelo vírus até os dias de hoje. Em uma estimativa para o ano de 2020, já que a pesquisa foi realizada entre 3 de novembro e 22 de dezembro, encontramos uma prevalência de 10% da população paraibana, um pouco mais de 400 mil pessoas, foram alcançadas pelo vírus no Estado”, disse.

O secretário ainda ressaltou que caso as pessoas relaxem nos cuidados contra o novo vírus, os danos podem ser maiores.

“Mais do que nunca precisamos seguir protegidos. O caminho dos próximos 60% para que alcancemos os 70% de imunidade populacional, sem a vacina, pode ceifar quase 23 mil vidas”, avaliou.

O inquérito sorológico foi feito por meio de testagem rápida e por PCR, envolvendo mais de 9 mil entrevistados.

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe