Para atender pacientes com necessidades especiais e proporcionar uma melhor
qualidade de vida, a Prefeitura Municipal de Cabedelo através da Secretária
Municipal de Saúde entregou à comunidade o novo Setor de Órteses e
Próteses, que funciona no Centro de Referência Municipal Leonardo Mozart
(Policlínica), no bairro de Camalaú.

De acordo com a coordenadora do setor, Andréa Helane, “o departamento já
existia, porém não havia uma adequada formalização do mesmo para poder
criar futuras parcerias com o Ministério da Saúde a fim de receber
investimentos financeiros para o custeio das próteses e órteses fornecidas
aos pacientes que procuram o setor.” Segundo Andréa, essa formalização foi
importante para que num futuro breve a parceria seja criada beneficiando
mais pacientes na cidade, pois o material distribuído ainda é custeado com
verba municipal.

O prefeito Luceninha enfatizou os desafios e ganhos da Prefeitura ao longo
dos meses, para ele, muito ainda há de se fazer, mas tudo em seu tempo à
sombra da responsabilidade e transparência.

O setor conta com uma Assistente Social e uma Nutricionista, responsáveis
pelo acolhimento do paciente e a formalização do caso. A maior procura no
setor são por óculos de grau, cadeiras de rodas, cadeiras de banho, botas
ortopédicas e em casos mais específicos e isolados próteses cirúrgicas e
bolsas de colostomia e urostomia. Dependendo do tipo de prótese ou órtese,
o custeio chega até 100 mil reais, o que torna necessário uma parceria com
o Ministério da Saúde para o financiamento desses materiais.

O paciente que necessita de uma prótese ou uma órtese deve procurar o setor
para solicitar o questionário de preenchimento pelo Ministério da Saúde
para que o médico especialista emita o laudo. Após a emissão do laudo
profissional o paciente, que deve ser residente na cidade de Cabedelo,
munido de toda documentação, passará por uma entrevista social para a
emissão do parecer e formalização para que o setor faça a solicitação do
material adequado.

SECOM – Cabedelo

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Número de casos de dengue aumentou na Paraíba em 2019

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio da Gerência Executiva de Vigilância em Saúde (GEVS), divulgou, nesta sexta-feira (17), o boletim das arboviroses com os dados referentes ao…