Por pbagora.com.br

O Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em parceria com o Corpo de Bombeiros Civil da Paraíba, está capacitando cerca de 70 funcionários para fazer parte da Brigada de Incêndio da instituição. O curso foi ministrado nas dependências da unidade de saúde e contou com aulas teóricas e práticas.

A Brigada de Incêndio tem por finalidade treinar e capacitar pessoas para atuar na prevenção e combate a incêndios, no abandono de áreas, bem como prestar primeiros socorros a vítimas.

 Segundo a técnica de enfermagem do trabalho. Josielle Formiga, o curso serviu como aprendizado, no que diz respeito a proceder em situações de emergência, tornando os brigadistas aptos a resolver qualquer situação de risco.

Já para a técnica de segurança do trabalho, Patrícia Rodrigues, a Brigada de Incêndio não representa somente o atendimento a uma exigência legal, mas de sobrevivência, de proteção à vida e ao patrimônio.

“Todos os brigadistas do Hospital de Trauma estão capacitados para proceder em casos de emergência. Esperamos que nunca seja necessário, mas se for, saberemos quais procedimentos devemos adotar”, disse.

 De acordo com o engenheiro de segurança do trabalho e presidente da Brigada de Incêndio, Valdy Batista de Lima, o hospital realizou a capacitação pensando também na prevenção e locomoção de funcionários e usuários em caso de incêndios.

 

“A Brigada de Incêndio é a instituição interna que faz a evacuação e combate ao incêndio de baixa complexidade, sendo de sua responsabilidade acionar de imediato o Corpo de Bombeiros para combater incêndios de médias e grandes proporções”, explicou.

Valdy ressaltou que a iniciativa da criação da Brigada de Incêndio é da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa), com o apoio do Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT), que estão empenhados em garantir a segurança dos trabalhadores e usuários do Hospital de Trauma.

 

 

Secom PB

Notícias relacionadas

Brasil chega a 378,5 mil mortos por Covid; país registrou 3.481 mortes em 24 horas

O país registrou 3.481 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas e totalizou nesta terça-feira (20) 378.530 óbitos desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes…

João Pessoa segue sem vacinação contra a Covid-19 nesta quarta-feira

Por falta de doses, João Pessoa não terá vacinação contra a Covid-19 nesta quarta-feira (21). A imunização está suspensa até que um novo lote chegue, Segundo a Secretaria de Saúde…