A Paraíba o tempo todo  |

Gripe: Saúde Estadual prepara campanha

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O Governo do Estado, por intermédio de sua Secretaria de Saúde, estará realizando no próximo dia 25 de abril a campanha estadual de vacinação contra a gripe. A Secretaria de Estado da Saúde (SES) está ultimando os preparativos para a campanha que quer vacinar mais de 300 mil pessoas com 60 anos ou mais na Paraíba.

O chefe do Núcleo de Imunização da SES, Walter Albuquerque, explica que a meta é vacinar pouco mais de 307 mil idosos em todo o Estado, ou seja, 80% das pessoas na faixa etária de 60 anos e mais. Para tanto, serão disponibilizadas cerca de 400 mil doses da vacina, cuja distribuição será realizada junto aos municípios através das gerências regionais de saúde.

Este ano, a mobilização contra a gripe contará com a participação de 8.620 profissionais que estarão de plantão em 2.723 postos de trabalho. O objetivo da campanha é reduzir o índice de morbi-mortalidade e as internações na população a partir dos 60 anos.

A gripe ainda é um dos processos infecciosos de maior morbi-mortalidade no mundo, e os idosos são alvo de sérias complicações dessa vilã, tais como: pneumonias, exacerbação de doença pulmonar (efizema, entre outras) ou cardíaca crônica que poderão ocasionar o óbito.

O secretário estadual de Saúde, José Maria de França, lembra a população que além da vacina contra a Influenza (gripe), o Governo do Estado também disponibilizará as vacinas DT (difteria e tétano) e a Pneumocócica (contra 23 tipos de bactérias que provocam a pneumonia). Esta última será aplicada especialmente nas pessoas idosas que estejam em casas de repouso, asilos ou hospitais.

Saiba mais
A gripe é uma doença infecciosa aguda de natureza viral, altamente contagiosa, do trato respiratório. É causada pelo vírus da Influenza, transmitida de pessoa a pessoa, através das vias aéreas superiores, por gotículas que saem no ato da fala, espirros ou ao tossir. Geralmente provoca febre alta, dor de garganta, tosse, dores no corpo e na cabeça, fraqueza e mal estar.

As epidemias de gripe são mais freqüentes entre os meses de maio e setembro. Como se alastram rapidamente, as medidas de contenção costumam ser insuficientes. O método mais eficiente para evitar a doença e principalmente suas complicações ainda é a vacinação.

Para o ato da vacinação, os idosos devem levar o cartão de vacina a fim de atualizá-lo. A única contra-indicação é para as pessoas que apresentam alergia grave ao ovo de galinha. Em caso de dúvida, a população deverá procurar a Secretaria Estadual de Saúde na avenida Pedro II na capital, ou ligar para os seguintes telefones: 3218.7383, 3218.7388 ou 3218.7458.
 

Secom

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe