A Paraíba o tempo todo  |

Governo Federal recomenda não vacinar adolescentes sem comorbidades contra a covid-19; veja nota

O Ministério da Saúde emitiu nota técnica onde volta a trás e passa a não recomendandar a vacinação de adolescentes entre 12 e 17 anos, sem comorbidades, contra a Covid-19.

De acordo com a referida nota, apesar da autorização da Anvisa, a vacina deve ser restrita a menores de 12 e 17 anos com comorbidades, privados de liberdade ou com deficiência permanente.

“A Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19 revisou a recomendação para imunização contra COVID-19 em adolescentes de 12 a 17 anos, restringindo o seu emprego somente aos adolescentes de 12 a 17 anos que apresentem deficiência permanente, comorbidades ou que estejam privados de liberdade, apesar da autorização pela Anvisa do uso da Vacina Cominarty (Pfizer/Biontech)”, diz trecho da nota.

Justificando, o Ministério da Saúde cita a não recomendação por parte da Organização Mundial de Saúde da imunização de criança e adolescente, com ou sem comorbidades.

O órgão federal reforça que estados e municípios devem seguir as orientações do Programa Nacional de Operacionalização da Covid-19.

Confira a nota técnica:

PB Agora

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe