Por pbagora.com.br

Promessa de campanha de diversos candidatos a prefeito de João Pessoa., o Hospital da Mulher de João Pessoa irá sair finalmente do papel. Orçado em R$ 65 milhões, dos quais cerca de R$ 50 milhões foram destinados pelo pré-candidato a prefeito da Capital enquanto líder da bancada federal em Brasília, Wilson Filho (PTB), o equipamento de Saúde será erguido pelo Governo do Estado, na administração de João Azevêdo (Cidadania) onde atualmente funciona a Maternidade Frei Damião.

“Agora teremos um equipamento completo para atender não apenas as grávidas, mas as mulheres e suas necessidades diferenciadas como um todo. Essa é uma demanda antiga que foi usada como trunfo político por diversos candidatos, mas sairá do papel apenas agora com a competência do governador e o fruto do nosso trabalho em Brasília, sempre antenado com as necessidades de João Pessoa”, celebrou Wilson.

Enquanto o novo hospital estiver em construção, os atendimentos que hoje ocorrem na Maternidade Frei Damião irão acontecer na Maternidade Frei Damião II, que foi instalada no antigo Hospital Santa Paula e conta com 150 leitos.

O novo hospital servirá como referência ao atendimento à mulher, ampliando o atendimento, que hoje é majoritariamente pré-natal, obstetrícia e pós-natal para diversas outras áreas atendendo a Grande João Pessoa.

PB Agora

Notícias relacionadas

Apesar de melhorias, CRM-PB constata falta de materiais e medicamentos no Trauminha

O Conselho Regional de Medicina do Estado da Paraíba (CRM-PB) fiscalizou, no dia 27 de abril, o Complexo Hospitalar de Mangabeira Governador Tarcisio Burity (Ortotrauma de Mangabeira). Apesar de constatar…

Brasil completa 50 dias com média de mais de 2 mil mortes diárias por Covid

O Brasil registrou 2.791 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas e totalizou nesta quarta-feira (5) 414.645 óbitos desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes…