O Ministério da Saúde, por meio do Programa Nacional de Imunizações (PNI), amplia nesta segunda-feira (22) a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza para todos os grupos prioritários e segue até o dia 31 de maio de 2019. 

Nesta campanha, além de indivíduos com 60 anos de idade ou mais, crianças na faixa etária de seis meses até cinco anos, 11 meses e 29 dias, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), trabalhadores da saúde (que, na oportunidade, também deverão ser vacinados com a DTPA, levando em conta a situação vacinal), professores, povos indígenas, grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, a população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional serão vacinados.

A novidade para esta segunda etapa é a inclusão de policiais civis, militares, bombeiros e membros ativos das forças armadas.

De 22 de abril a 31 de maio será a vacinação de todos os grupos prioritários em todo o país e também ocorrerá a atualização da Caderneta de Vacinação de crianças de seis meses até cinco anos, 11 meses e 29 dias e gestantes, também conforme a situação vacinal e as indicações do Calendário Nacional de Vacinação.

 

Redação
com Secom

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Governo da Paraíba assume gestão do Complexo Hospitalar Regional de Patos

O Governo da Paraíba assume neste domingo (23) a gestão do Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro, no Sertão da Paraíba, após o fim do contrato com a organização social…

Coronavírus: membros do grupo que estava em quarentena vêm para o NE

O grupo de repatriados da China que está em quarentena na Base Aérea de Anápolis será liberado amanhã (23). Na última sexta-feira (21), foi feita a terceira e última coleta…