Por pbagora.com.br

Nesta quarta-feira (02), o secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, rebateu as informações, segundo ele inverídicas, de que pacientes que precisem realizar neurocirurgias estejam ficando desassistidos no Hospital de Trauma de João Pessoa após o impasse com a cooperativa de neurocirurgiões que atuava no hospital.

De acordo com o auxiliar do governador João Azevêdo, durante entrevista à Rádio Correio FM, foi criado um esquema de transferência dos referidos pacientes para o Hospital Metropolitano de Santa Rita e que em casos mais urgentes essa remoção será feita inclusive através de helicóptero.

“Foi criado um fluxo de transferência de pacientes com indicação de neurocirurgia para o Hospital Metropolitano através de uma nova unidade de suporte avançado, além de na eventualidade de uma emergência o helicóptero do governo do estado e do Corpo de Bombeiros estará disponível para uma remoção” detalhou.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

PB completa seis meses desde 1º caso de Covid-19

A Paraíba completa, nesta sexta-feira (18), seis meses desde que o primeiro caso de Covid-19 foi confirmado no estado e os dados mostram que o estado chegou ao topo da…

Paraíba registra mais 11 óbitos por covid-19, sendo 3 nas últimas 24h

Neste sábado (19), o boletim boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), mostra que a Paraíba registrou 11 óbitos por covid-19 confirmados desde a última atualização, sendo…