Por pbagora.com.br

A suspensão do atendimento ao público e das visitas sociais são algumas das medidas contidas na portaria de n° 004/2020 assinada pelo presidente da Fundação da Criança e do Adolescente “Alice de Almeida” – Fundac, Noaldo Meireles, nessa quarta-feira (18). O documento ratifica protocolos e orientações expedidos pelo Governo do Estado da Paraíba, no tocante à prevenção para evitar o contágio e disseminação do coronavírus.

A partir de agora estão suspensos os atendimentos presenciais ao público externo no âmbito da Fundac: Sede e Unidades de Atendimento Socioeducativo, devendo o atendimento ocorrer por telefone ou e-mail.

Outra medida foi a suspensão por 15 dias, a partir desta quinta-feira (19), de todas as visitas sociais (familiares, religiosas, profissionais, terapêuticas, educacionais, assistenciais, estágios, pesquisas e extensão, etc) aos adolescentes e jovens que cumprem medidas judiciais de internação provisória, internação, semiliberdade ou internação-sanção.

A portaria determina ainda que os servidores da Fundac maiores de 60 anos, gestantes e portadores de doença crônica que compõem o grupo de risco, devidamente comprovado por laudo médico, deverão executar suas atividades por via remota (home office), videoconferência, etc.

Servidores que apresentem tosse, coriza, espirros, febre e leve indisposição para as atividades de rotina, devidamente comprovado também deverão executar suas atividades por via remota (home office), videoconferência, etc, até a melhora do quadro clínico (máximo de 7 dias).

Já os demais servidores cumprirão seus expedientes de trabalho em dias alternados, das 8h às 14h, sem prejuízos das atribuições inerentes ao órgão.

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Paraíba amplia oferta de exame laboratorial para Covid-19

O Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES) e do Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen-PB), irá ampliar a oferta de exame laboratorial para o…

Atividades em maternidade do HU de JP devem ser retomadas

O Ministério Público da Paraíba (MPPB), Federal (MPF) e do Trabalho (MPT) acatou a proposta do Hospital Universitário Lauro Wanderley  para a retomada dos atendimentos a novas gestantes na unidade,…