A Paraíba o tempo todo  |

Flexibilização provoca alta nos acidentes de moto e gera preocupação

Foto: João da Paz/Ascom/Divulgação

A flexibilização de algumas medidas sanitárias permitindo, muitas vezes, aglomerações em bares e restaurantes é uma das responsáveis pelas ocorrências de superlotação no Hospital de Trauma de Campina Grande, no Agreste do Estado, liderado por acidentes de motos. Segundo boletim divulgado nesse final de semana, a unidade hospitalar está com os 298 leitos para pacientes vítimas de acidentes ocupados. A constatação foi feita pelo secretário de Estado da Saúde, Geraldo Medeiros, durante entrevista na tarde desta terça-feira (11).

“O que está ocorrendo é que em função da flexibilização das restrições sanitárias em todo o Estado, está havendo uma maior circulação de veículos e pessoas, consequentemente houve um retorno do quantitativo de casos de acidentes, de moto principalmente, a partir do momento que as pessoas começam a circular mais”, disse.

Ainda conforme o secretário, o aumento de circulação de pessoas que estão saindo mais as ruas e quebrando as medidas sanitárias gera justamente o efeito contrário do que prevê as medidas restritivas.

“No final de semana, houve uma carga maior de acidentados de motos e a partir daí houve em alguns momentos uma sobrecarga nas enfermarias com pacientes politraumatizados. Isso é o rotineiro, antes da pandemia em que no sábado e domingo as pessoas tendem a ingerir bebida alcoólica, a circular em alta velocidade, desobedecer às leis de trânsito e aí sim vem infelizmente os acidentados e as mortes de jovens que poderiam ser evitadas assim como o aumento do contágio, que também poderiam ser evitados”, emendou.

Redação

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe