A Paraíba o tempo todo  |

Fernando Milanez cobra plantão 24h para necropsia em hospitais conveniados com o Governo do Estado

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

A morte não escolhe hora nem local. Baseado nesta máxima que o vereador Fernando Milanez (PMDB) irá encaminhar na próxima terça-feira (14) requerimento ao secretário de Saúde do Estado, José Maria de França, e ao governador José Maranhão (PMDB) para que o governo institua regime de plantão 24 horas para os Serviços de Verificação de Óbito (SVO) realizados no Hospital Universitário em convênio com o Estado.

Segundo ele, as necropsias em caso de morte natural no HU são feitas das 8hs às 16hs de segunda a sexta e das 8hs às 13hs aos sábados. No domingo, não há exames necrológicos, fazendo com que a família do morto espera até às 8hs da segunda para aguardar atestado de óbito e tomar as providências do enterro.

“Isso é um desrespeito tremendo para os menos favorecidos. Se alguém vier a falecer fora deste horário tem que esperar até o outro dia para entrar numa fila de espera. Ora, ninguém pode ficar a mercê dos horários dos médicos ou estagiários de medicina”, justifica o vereador.

O SVO é feito no Hospital Universitário em casos de morte natural. O corpo da pessoa falecida só sai após o exame. “As pessoas de classe média e rica conseguem exames dos médicos particulares e enterra seus mortes sem demoras. Por que os menos abastados tem que ser privados deste direito em momento tão doloroso?”, questiona o vereador.

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe