Por pbagora.com.br

É quase impossível manter uma dieta equilibrada durante as festas de fim de ano. Esse é um período em que as pessoas aumentam o consumo de bebidas alcoólicas e comidas calóricas. Afinal, são muitas as tentações: confraternizações, reuniões, ceias… Mas nada de ficar com a consciência pesada anutricionista Hayanny Wegener conversou com o portal e deu algumas dicas para conseguir curtir as festas de final de ano sem exagerar. Para quem exagerou na ceia do Natal, ela explicou o que fazer para não cometer o mesmo erro na ceia do Réveillon. Além de recomendações de pratos, ela explica que é possível aproveitar o momento de ceia em família de uma forma mais saudável.

Nesta época de muitas confraternizações, Wegener afirma que é necessário muito foco e disciplina. Ela diz que o primeiro passo é se planejar. Depois é preciso conhecer os alimentos que irá comer e não cometer exageros, para não ter problemas no pós-festa.

Você tem alguma dica para dar para as pessoas que não querem deixar de participar das ceias, mas se preocupam com a saúde? “O Natal e as festas de fim de ano, apesar de envolverem bastante a alimentação, não estão diretamente ligadas a ela. Mas sim, representam estar em família e amigos, devendo significar o fortalecimento e renovação do nosso vínculo com nossos entes queridos. Além disso, a preocupação com a alimentação não deve ocorrer apenas neste período do ano. Alimentação saudável deve ser um hábito. O segredo nas ceias de Natal e Réveillon não é deixar de comer, mas fazer escolhas corretas, pois não é uma refeição isolada que te fará ganhar ou perder peso e sim um consumo excessivo e diário”, disse.

Qual a melhor forma de não ‘meter o pé na jaca’ na ceia? “Épocas de muitas confraternizações como dezembro, exigem muita disciplina e foco. Diante de alimentos muito calóricos e sazonais, os riscos de exageros aumentam no caso de cardápios não programados e estômago vazio antes dos eventos”, afirmou.

Segundo ela, a melhor dica é ter planejamento, pois com pequenas atitudes é possível desfrutar de todas as festividades sem deixar de lado os seus objetivos. “Não fique muito tempo sem se alimentar ao longo do dia, faça pequenas refeições leves como frutas nos lanches e prefira salada e grelhados no almoço, assim você poderá comer um pouco mais na ceia, porém sem exageros, o segredo é o equilíbrio”, comentou.

 

Redação

Notícias relacionadas

Vacinação contra Covid-19 para idosos com mais de 84 anos tem início amanhã

A vacinação para idosos com mais de 84 anos contra a Covid-19 começa amanhã (1º), em João Pessoa. Trabalhadores de saúde da rede hospitalar, enfermaria, e pronto atendimento Covid-19 também…

Saúde mental dos idosos e covid-19: psicólogo explica fatores que podem contribuir para uma piora

A situação atual provocada pela pandemia do coronavírus, é encarada por cada pessoa de uma forma diferente. Tanto a doença em si quanto o isolamento social são fatores de estresse…