Deputados dos nove estados do Nordeste criaram a Comissão Parlamentar Interestadual (CPI), que vai acompanhar e fiscalizar as ações do Consórcio Nordeste na compra de respiradores para os leitos destinados ao tratamento de pacientes com Covid-19. A decisão foi tomada após denúncias de fraudes na aquisição dos equipamentos, que resultaram na Operação Ragnarok, da Polícia Civil do Estado da Bahia.

Uma carta de intenções assinada pelos 28 deputados estaduais que compõem o grupo, informa à população sobre a criação da Comissão Parlamentar Interestadual para acompanhar e fiscalizar a atuação do Consórcio Nordeste na aquisição de respiradores para o combate da COVID-19.

Na Paraíba assinaram a carta, os deputados Cabo Gilberto (PSL-PB) e Raniery Paulino (MDB).

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Brasil tem 68.089 mortes por coronavírus confirmadas nesta 5ª

O Brasil tem 68.089 mortes por coronavírus confirmadas até as 8h desta quinta-feira (9), aponta levantamento feito pelo consórcio de veículos de imprensa a partir de dados das secretarias estaduais…

Greve de anestesistas na FAP suspende cirurgias de pacientes com câncer em CG

Crise na saúde. Os anestesistas do Hospital da Fundação Assistencial da Paraíba (FAP), em Campina Grande, pararam as atividades por tempo indeterminado. Pelo menos 30 pacientes com câncer estão na…