Por pbagora.com.br

A provável demissão do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM), preocupa o deputado federal Efraim Morais (DEM), que defende a permanência do ministro na pasta.

Aliado do Palácio do Planalto, o coordenador da bancada paraibana e colega de partido de Mandetta, voltou a defender a permanência do ministro na pasta. Mandetta tem defendido insistentemente o isolamento social como medida para combater o novo coronavírus, diferente do presidente Bolsonaro, que defende afrouxamento nas medidas.

Depois de dizer que estava fazendo papel de bombeiro na relação do ministro com o presidente, que não anda nada amistosa, Efraim disse que a saída de Mandetta é uma perda lamentável para o país.

– A gente torce pela permanência do ministro, seria o melhor para o Brasil. Ele está preocupado com a saúde, o que menos importa é o Diário Oficial. Se o presidente quiser mudar sua equipe, é uma decisão dele, mas seria muito lamentável – destacou.

Informações noticiadas na mídia nacional afirmam que é questão de tempo para que o democrata deixe a pasta da saúde por determinação do presidente da República, Jair Bolsonaro. Ontem, em entrevista a Veja, Mandetta já deu um tom de despedida.

Severino Lopes
PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Paraíba é destaque nos resultados positivos do App Monitora Covid-19

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) apresentou os resultados dos quatro meses de funcionamento do aplicativo Monitora Covid-19 na Paraíba, em uma live realizada nesta quarta-feira (23), pela Fundação…

Brasil registra alta de mortes por Covid-19 em 7 estados e preocupa autoridades

O consórcio de veículos de imprensa divulgou novo levantamento da situação da pandemia de coronavírus no Brasil a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde, consolidados às 20h desta…