Unidades estavam funcionando precariamente e sem privacidade devido à reforma

O Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) interditou eticamente, na tarde desta quarta-feira (7), três postos de saúde da família (PSF) no bairro do Valentina Figueiredo, em João Pessoa. As unidades estavam funcionando provisoriamente em uma associação, devido a reformas estruturais. No entanto, o atendimento estava sendo feito de forma precária, com profissionais atendendo em um mesmo ambiente, em mesas dispostas lado a lado, desrespeitando a privacidade do paciente e do ato médico.

“Uma consulta médica não pode ser feita desta forma, com vários pacientes um do lado do outro falando de suas histórias clínicas. É um desrespeito ao paciente e ao ato médico”, destacou o diretor de Fiscalização do CRM-PB, João Alberto Pessoa. Os PSFs interditados são Santa Bárbara, Frei Damião e Valentina 4. Com a interdição ética do CRM-PB, os médicos ficam impedidos de atender nestas unidades de saúde. A informação foi divulgada pela Formato, Assessoria de Comunicação.

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Brasil bate novo recorde de mortes por novo coronavírus em 24h

O Brasil atingiu nesta terça-feira (2), 31.309 mortes provocadas pela Covid-19 e 558.237 casos confirmados da doença em todo o país. Os balanços também apontam para um total de 253.570…

Ministério Público recomenda fechamento de Feiras livres de Guarabira

Por conta do avanço da Covid-19, o Ministério Público da Paraíba (MPPB) recomendou que a feiras livres do município de Guarabira, no Agreste paraibano, sejam fechadas imediatamente até que encerre,…