Na tarde desta quarta-feira (15), o Conselho Regional de Medicina (CRM-PB) realizou uma vistoria no Ortotrauma de Mangabeira (Trauminha). Durante a fiscalização, membros do Conselho constataram, além da superlotação, irregularidades no número de leitos da unidade e falta de medicamentos básicos.

De acordo com o CRM-PB, a unidade hospitalar passa por problemas de superlotação, falta de medicamentos, como antibióticos e anestésicos e pacientes nos corredores, o que comprova quantidade de leitos insuficiente para o número de pacientes.

Ainda teriam sido encontradas irregularidades relacionadas à estrutura, como elevadores quebrados.

A assessoria da Secretaria Municipal de Saúde ainda não se posicionou.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

PB é o 1º no país a emitir Carteira de Identificação da Pessoa com Autismo

A Paraíba é o primeiro Estado a respeitar a Lei 13.977/20, que instituiu a Carteira de Identificação da Pessoa com Autismo. O serviço é prestado pela Fundação Centro Integrado de…

“Agradeço o acolhimento” disse mãe do 1º bebê a nascer após a reabertura do Hospital Materno-Infantil, em Bayeux

O Hospital Materno-Infantil foi reaberto as 00h do último sábado (18), com estrutura e equipamentos necessários para receber todas as mulheres gestantes do município. E, na manhã deste domingo (19),…