Por pbagora.com.br

Na tarde desta quarta-feira (15), o Conselho Regional de Medicina (CRM-PB) realizou uma vistoria no Ortotrauma de Mangabeira (Trauminha). Durante a fiscalização, membros do Conselho constataram, além da superlotação, irregularidades no número de leitos da unidade e falta de medicamentos básicos.

De acordo com o CRM-PB, a unidade hospitalar passa por problemas de superlotação, falta de medicamentos, como antibióticos e anestésicos e pacientes nos corredores, o que comprova quantidade de leitos insuficiente para o número de pacientes.

Ainda teriam sido encontradas irregularidades relacionadas à estrutura, como elevadores quebrados.

A assessoria da Secretaria Municipal de Saúde ainda não se posicionou.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Geraldo prevê aumento de casos da Covid entre políticos em meio a período eleitoral

O secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros chamou a atenção para o fato de que agentes políticos tem o dever de disciplinar seus aliados e eleitores para que não…

Brasil tem 137.367 mortes por coronavírus confirmadas

O Brasil tem 137.367 mortes por coronavírus confirmadas até as 8h desta terça-feira (22), segundo levantamento do consórcio de veículos de imprensa a partir de dados das secretarias estaduais de…