A Paraíba o tempo todo  |

CRM diz que maternidade no Sertão apresenta risco para pacientes

O Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) visitou nesta quinta-feira (21) a Maternidade Peregrino Filho, que fica no município de Patos, Sertão paraibano. Além da falta de medicamentos e insumos, o órgão afirmou que a não realização de exames está colocando em risco o atendimento aos pacientes.

Ainda de acordo com o CRM, a unidade hospitalar tem enfrentado este tipo de problema há mais de um mês e a falta de insumos ocorre porque os fornecedores da maternidade não estão podendo atender as demandas por falta de pagamento.

Outro agravante na situação da maternidade é que, segundo o que levantado pelo CRM, os médicos e outros profissionais de saúde estão sem receber seus salários há mais de três meses.

Para o presidente do CRM-PB, Roberto Magliano de Morais, é importante que alguma atitude emergencial seja adotada.

 

PB Agora

 

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe